Um em cada cinco candidatos do Encceja teve nota mínima nas provas

 

O resultado do Encceja Nacional do ensino médio foi divulgado no dia 05/02/18 as notas do ensino fundamental, e do exame aplicado a pessoas privadas de liberdade serão divulgados em março.
Dos quase meio milhão de participantes presentes em todas as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) do ensino médio em 2017, só 20,8% conseguiram a nota mínima exigida para obterem o certificado de conclusão do ensino médio. Esse foi o primeiro ano em que o Encceja voltou a aplicar a prova para esse nível de ensino, depois que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deixou de ser usado para esse fim.
As concultas ao resultado do Encceja Nacional são individuais. Os candidatos precisam informar o CPF e a senha cadastrada para verem suas notas no site enccejanacional.inep.gov.br.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou que os resultados do Encceja Nacional do ensino fundamental, e do exame aplicado às pessoas privadas de liberdade, deve ser divulgado em 30/03/18.

Mais de 100 mil certificados

De acordo com dados divulgados pelo Inep, o Encceja Nacional do ensino médio teve 1.272.279 inscritos, mas só 492.613 estiveram presentes em todas as quatro provas. Destes, 102.638 conseguiram a nota mínima exigida para conseguir a certificação em todas as quatro áreas do conhecimento.

Encceja Nacional do ensino médio

Os números podem ser maiores, já que o Encceja permite que os candidatos usem notas de edições diferentes do exame para conseguir o certificado de conclusão do ensino médio. Além disso, os candidatos podem solicitar uma declaração parcial de proficiência nas áreas em que tenham atingido a nota mínima de 100 pontos.
No caso da prova de linguagens, é preciso ao mesmo tempo ter a pontuação mínima de 100 na prova objetiva e a nota mínima de 5 na redação. Caso contrário, "não há certificação e será necessário refazer a prova de linguagens e redação", diz o boletim divulgado pelo Inep.

Encceja x Enem

O número de candidatos habilitados em todas as áreas para obterem o certificado de conclusão do ensino médio é mais alto que os registrados no Enem 2016. Naquele ano, o último desde 2009 em que o Enem também serviu para isso, 1.076.092 participantes fizeram o Enem com esse objetivo, mas só 83.434 (ou 7,7%) tiveram nota mínima em todas as provas.
Nos últimos nove anos, a quantidade de pessoas interessadas em obter o certificado de conclusão do ensino médio por meio de um exame do governo federal aumentou mais de seis vezes.

Como funciona o Encceja

O Encceja é realizado todos os anos pelo Inep para estudantes jovens e adultos que não concluíram as etapas da educação básica na idade regular. Ele tem várias modalidades e oferece dois tipos de habilitação: a do ensino fundamental e a do ensino médio. Semelhante ao Enem, ele tem quatro provas objetivas e uma redação, mas é aplicado em um único dia, de manhã e à tarde.
Além de ser realizado no formato conhecido como Encceja Nacional, para qualquer adulto que cumpra os requisitos, o Encceja também é aplicado para pessoas privadas de liberdade e para brasileiros no exterior.
Porém, não é o governo federal quem emite os certificados de conclusão do ensino fundamental ou médio, ou as declarações parciais de proficiência. Quem faz isso são as secretarias estaduais de Educação ou os institutos federais. Os candidatos, na hora em que se inscrevem para o Encceja, escolhem qual órgão será responsável pela emissão do documento.


Fonte: G1

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2018 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade