Mapa turístico 2017
Fisio

Governo baiano convoca empresas para fazerem parte do Parque Tecnológico

Para selecionar empresas de base tecnológica que desenvolvam atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação no Tecnocentro Bautista Vidal, localizado na Avenida Paralela, a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti) lançou, dia 25/01/16, um edital de convocação, disponível no site do órgão.

De acordo com o titular da Secti, Manoel Mendonça, uma série de vantagens é oferecida às empresas que se instalam no Parque Tecnológico da Bahia. “O Tecnocentro tem toda uma infraestrutura voltada para a inovação. Tem escritórios, por exemplo, de propriedade intelectual, núcleos de inovação tecnológica, centros de pesquisa, além de um conjunto de pequenas empresas que chamamos de incubadoras. Nossa ideia é fazer com que elas interajam com as grandes empresas, que façam inovação. Do ponto de vista organizacional, esta é a grande vantagem”.

O coordenador do Parque Tecnológico da Bahia, Péricles Magalhães, explicou que o edital é voltado a empresas locais, nacionais e até de fora do país, que atuam no mercado há algum tempo. “O primeiro passo [que as empresas devem dar] é ler o edital, lá está tudo explicado, como o tipo de empresa [que procuramos], as áreas de atuação que temos preferência. Biotecnologia e saúde, energia e engenharias, tecnologia da informação e comunicação, são as áreas principais”.

Na opinião de Bruna Basso, representante da Labwin, empresa de instalação e manutenção de softwares que já faz parte do Tecnocentro, o apoio do poder público para as empresas desenvolverem suas pesquisas tem sido fundamental. “A vantagem [de as empresas] estarem encubadas aqui é toda a estrutura tecnológica, o contato com outras empresas e toda a base de estrutura para a empresa realmente se desenvolver. Desde consultorias, [até] projetos que vamos galgando em parceria. Então, é bem interessante, uma parceria bem consolidada”.

A chamada pública receberá propostas até 28/03 e os resultados serão apresentados no dia 11/04. Representantes de empresas de outros estados já  demonstram interesse em se instalar no Parque Tecnológico e estiveram na capital baiana para o lançamento do edital de convocação. Entre eles, Carlos Poggio, sócio da empresa Safari e Mobbiz, do estado de São Paulo. “Viemos conhecer a proposta e, de repente, pensar em abrir aqui uma ‘start up’ para desenvolvimento de tecnologia, porque a nossa área é exatamente voltada para mobile”.


Fonte: SECOM/BA

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados