Mapa turístico 2017
Fisio

Após fechar Hospital Municipal, prefeitura recebe verba para a Saúde


Num momento em que Porto Seguro está abalada com o fechamento do Hospital Municipal, por contenção de despesas, o Ministério da Saúde anunciou dia 05/10/17, a liberação de R$ 600 mil para serviços de urgência na cidade nas UPAs 24h.
O HM, que atendia na av. dos Navegantes, era a única opção para turistas e moradores no Centro. De acordo com a Secretaria de Saúde, quem precisar de atendimento de urgência e emergência terá que se deslocar para as UPAs 24h do Bahianão ou do Arraial d´Ajuda.

O Hospital Municipal fechou as portas no último dia de setembro. De acordo com a secretária de Saúde, Edna Alves, apenas 10% de pacientes chegavam para atendimento de urgência e emergência, que era o objetivo principal da unidade. E 90% de pacientes eram de baixo risco.

Pelo contrato, afirma a secretária, "o aluguel mensal custava R$ 24.800,00, que, junto com as despesas de equipe e manutenção, totalizavam aproximadamente R$ 350 mil, um montante de mais de R$ 4 milhões por ano. O que nos levou à tomada da decisão é o cumprimento da lei de responsabilidade fiscal, sobre gastos de recursos públicos com folha de pessoal. Só folha de pagamento são R$ 230 mil por mês", afirma.

A UPA 24h do Bahianão tem porte 2 e, segundo Edna Alves, pode atender diariamente até 300 pessoas. A secretaria também garante que a unidade está equipada para casos com gravidade média de urgências (quando não há risco de vida) e emergências. Oferece serviços de raio-X, eletrocardiografia, laboratório de exames e leitos de observação.

A verba liberada no dia 05 faz parte de um pacote de R$ 7,2 milhões, que beneficiou também, na Bahia, os municípios de Feira de Santana - R$ 3 milhões; Ipirá - R$ 1,2 milhão, mesmo valor para Itaberaba e Livramento de Nossa Senhora.

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados