Voa, João, voa!

Há uma desconfiança de gestores do alto escalão do Governo sobre como o então empresário João Dória Jr cresceu muito no mercado em negócios milionários. Não se descarta um pente-fino nos patrocínios dos eventos empresariais do tucano apoiados pela Apex Brasil e empréstimos no BNDES nos Governos de Dilma Rousseff e Michel Temer. Num comentário na sua página no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro já deu indireta, sem citar o governador de São Paulo, sobre o BNDES ter financiado um jatinho para o empresário. Dória quer disputar o Planalto em 2022.

 

Coldre no corredor

A Funai está nas mãos de um delegado federal ligado a ruralistas que, antes de ascender ao comando, já andava armado na sede da entidade e botava medo, contam testemunhas.

 

Seguuuura, ministro

O presidente do Tribunal de Contas da União, ministro José Múcio Monteiro, sentiu na pele como a prefeitura de Porto Seguro e o Governo da Bahia tratam seus turistas que vão à praia do Espelho, a mais cobiçada de Trancoso. Ele sacolejou de carona por 16 km numa estrada de terra toda esburacada, onde os carros não passam de 30 km/h.

 

Trilha para praia

Não é de hoje que Porto Seguro atrai (são mais de 10 voos diários) e também perde turistas por causa das rotas. A infraestrutura da estrada para a Espelho (a 23 km da vila de Trancoso) e para a bucólica vila de Caraíva (a 32 km de Trancoso) é a via-sacra dos turistas para chegarem aos paraísos praianos.

 

Olha a boca!

Desde fevereiro, após a posse, o deputado federal estreante Boca Aberta (PROS-PR) segura a língua. É alvo de três processos contra sua diplomação, movido em fila pelos suplentes Evandro Roman (PSD), Osmar Serraglio (PP) e Valdir Rossoni (PSDB).

 

Na gaveta

E desde maio há processo para sentença do ministro Jorge Mussi, no Tribunal Superior Eleitoral, parado em cima da mesa. A conferir.

 

Afros

Ativista político e dos direitos das religiões afro, o cantor e compositor Nasi, do Ira!, vai dar um tempo e passa 12 dias na Nigéria para imersão religiosa. Na volta, continua a articulação da candidatura para vereador do advogado dr. Basílio, que defende a causa.

 

Pé na estrada 1

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte aponta que 92,8% dos transportadores estão insatisfeitos com o Sistema Tributário Nacional e que 93,1% apoiam a realização de uma reforma tributária. A sondagem ouviu 900 transportadores de todos os modais entre os dias 25 e 30 de julho.

 

Pé na estrada 2

A tributação excessiva foi considerada, por 69,6%, a principal preocupação do setor. O ICMS é o imposto que mais pesa para as empresas transportadoras. Em seguida estão as contribuições previdenciárias (26,4%) e PIS e Cofins (25,6%).

 

Viva Seu Zé

Uma amostra de que o Brasil tem jeito. Um empresário registrou B.O. há 15 dias da perda da carteira na Zona Sul do Rio de Janeiro. Há dias, recebeu ligação de morador de um prédio. O ‘Seu’ Zé, porteiro, a encontrara; devolveu os cartões, RG e os R$ 200. Recusou o dinheiro como presente. “Eu ensinei os meus filhos a serem honestos”, e toca a vida de porteiro.

 

E segue o show

Fim do recesso parlamentar, saem as quadrilhas (das festas julinas) e volta o circo no Congresso Nacional com os mágicos – os que fazem seu dinheiro sumir.


Brasília, segunda-feira, 05 de  agosto de 2019 - nº 2.566

Leandro Mazzini - Com Walmor Parente (DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE)

©®  2011 - 2019 Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados. www.colunaesplanada.com.br

Foto: Agência Brasil - EBC

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade