Fotógrafo holandês é encontrado morto em casa, no Arraial d’Ajuda

A Polícia Civil de Arraial d’Ajuda, investiga a morte de um fotógrafo holandês, ocorrida num condomínio no bairro São Francisco. Johannes Compaan, de 55 anos, morava sozinho e foi encontrado morto em sua casa em 01/09/17. Segundo as investigações preliminares, o corpo, já em estado de decomposição não apresentou sinais de violência e a casa não tinha vestígios de arrombamento, apesar de, ao lado do corpo haver sangue.
A polícia chegou à casa do fotógrafo depois de receber ligação dos vizinhos que sentiram a ausência dele e desconfiaram de odores estranhos nos arredores da casa. A família do holandês foi avisada do óbito e o delegado Sinézio Júnior instaurou inquérito para investigar o caso.
No Facebook, amigos e clientes se despediram Johannes Compaan com palavras de agradecimento pela companhia e pelo o registro de momentos importantes de suas vidas.


Foto: Facebook

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2018 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade