Sobre meninos e aves

Meninos de 8 e 9 anos se jogam na aventura de atravessar a cidade - do Bahianão ao Arraial d’Ajuda - vendendo pulseirinhas e periquitos australianos. Eles cobram para tirar fotos e usam as aves para chamar atenção de turistas e moradores e descolar uma grana, pedindo R$ 100 por cada ave. Por trás da cena, exploração de trabalho infantil e supostos maus tratos a animais. São crianças sujeitas às intempéries, ao abuso de adultos e aos acasos, nem sempre benfazejos. E quem sabe, com fome, sede e à procura de um afago.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade