Projeto do novo aeroporto estuda três áreas para sua implantação

Três áreas estão sendo estudadas para a implantação do novo Aeroporto Internacional da Costa do Descobrimento. Quem informa é Robert Stier, administrador geral das empresas do grupo alemão Hirmer, a quem pertence a Acquamarina Santo André Empreendimentos, empresa que vai realizar o estudo da viabilidade e o projeto de construção do empreendimento. Até o momento, ela foi a única empresa autorizada pelo governo da Bahia para tocar o projeto.

Robert Stier disse que ainda não pode revelar quais são estas áreas que estão sendo avaliadas, mas afirmou que elas estão localizadas entre Porto Seguro e Eunápolis e nas proximidades da BR 367. “Estamos estudando há cerca de quatro anos. A implantação vai depender muito do governo, porque tem que ter as licenças e os trâmites legais. Serão uns quatro ou cinco anos para a construção do aeroporto”, estima.

A proposta partiu, segundo Stier, da empresa alemã. “Nós fizemos uma manifestação de interesse privado para provocar uma Parceria Público-Privada (PPP). O documento já foi protocolado, autorizado pelo governo e publicado no Diário Oficial do Estado no dia 15 de maio, informa. A partir da data de publicação, a Acquamarina tem 120 dias para apresentar o estudo técnico de viabilidade, contendo investigações, levantamentos, projetos, estudos de engenharia e afins, que subsidiem a modelagem do edital de concessão para a construção, operação, manutenção, administração e exploração comercial do novo aeroporto.

Também fazem parte do estudo a avaliação do valor do sítio atual e a concessão transitória da operação, manutenção, administração e exploração comercial do atual aeroporto. Até o dia 29 de junho, outras empresas também poderão manifestar interesse em desenvolver e apresentar sua proposta e estudo de viabilidade, o que deverá ser entregue no setor de Protocolo da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), no Centro Administrativo, em Salvador. Essa é a primeira parte do processo para a implantação do novo aeroporto pelo Governo do Estado, através da Seinfra.

De acordo com a assessoria de Comunicação da Seinfra, uma comissão formada pelo secretário do Planejamento, Walter Pinheiro e pelo superintendente de Atração e Desenvolvimento de Negócios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Paulo Guimarães, representou o governo baiano em Munique (Alemanha), em 14 de maio, durante reunião com o CEO da empresa Hirmer, Christian Hirmer, para discutir a implantação do projeto.

Grandes projetos

Segundo Walter Pinheiro, além do aeroporto, os planos da empresa alemã envolvem um grande projeto hoteleiro, de turismo e serviços na região, e a comunidade local no fornecimento de produtos. O superintendente Paulo Guimarães afirmou que o “Master Plan” incluirá parceiras locais para o fornecimento de frutas e formação de mão de obra na região e o desenvolvimento de um projeto de geração de energia solar.

O atual aeroporto de Porto Seguro tem uma movimentação de mais de 1,8 milhão de passageiros por ano e é o maior sob responsabilidade do Governo do Estado da Bahia, através da Seinfra." O novo aeroporto substituirá o atual equipamento de Porto Seguro, que é o terceiro maior do nordeste em movimentação de passageiros por ano. É um destino turístico desejado por todos. O objetivo é definir o modelo de concessão ou Parceria Público-Privada (PPP), que possibilite a ampliação da pista de pouso e decolagem e melhoria na estrutura para receber mais voos internacionais", destacou o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

A Acquamarina Santo André é proprietária do Campo Bahia Hotel, em Santa Cruz Cabrália e adquiriu recentemente o Costa Brasilis Resort, na mesma cidade.


Foto: Governo da Bahia

Legenda - O projeto de implantação do aeroporto foi assunto de reunião entre o CEO da empresa alemã Hirmer, Christian Hirmer, e o secretário de Planejamento do Estado, Walter Pinheiro

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade