Governo baiano acompanha caso de trabalhadores resgatados na região Sul da Bahia

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) do Governo do Estado acompanha o caso dos 10 trabalhadores venezuelanos resgatados de situação de trabalho análogo à escravidão, no dia 18/04/19, no município de Itabuna, região Sul do Estado. Uma equipe técnica da Coordenação de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Combate ao Trabalho Escravo (CETP) da SJDHDS fará o atendimento às vítimas.

"Vamos avaliar e estudar a maneira mais adequada de acolhimento dessas vítimas, que estavam atuando de maneira análoga à escravidão, sem direitos e condições adequadas para o exercício das atividades. Nosso objetivo é proteger a vítima neste primeiro momento", afirmou o coordenador do CETP/SJDHDS, Admar Fontes.

O resgate de trabalhadores é resultado de um trabalho conjunto, desenvolvido pela SJDHDS, Policia Federal, Superintendência Regional do Trabalho, Defensoria Pública da União, Ministério Público do Trabalho e Prefeitura Municipal. A força-tarefa que abriga os órgãos busca garantir direitos e preservar vidas.

Além da prevenção e atendimento às vítimas, a Coordenação desenvolve um trabalho de repressão ao crime organizado e elaboração de uma série de programas sociais para acolher as vítimas. A SJDHDS atua também com ações preventivas, priorizando a informação, sensibilização, mobilização da sociedade em geral sobre as diversas maneiras de enfrentar o tráfico de pessoas e trabalho escravo, além de oferecer capacitação para o enfrentamento.


Fonte: Ascom Gov Ba

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade