Colégio Batista recebe visita de comunidade indígena

O Colégio Batista de Porto Seguro recebeu a visita de índios da Aldeia Txag'rú Mirawê, de Coroa Vermelha, no dia 01/04/19. Eles foram até a escola para apresentar aos estudantes da Educação Infantil até o Ensino Médio um pouco das suas tradições, da cultura, usos e costumes, contando sua história. A visita faz parte de um projeto do colégio que trabalha o tema do Ano Internacional das Línguas Indígenas.

Os índios foram vestidos a caráter, com suas roupas de festa, levaram instrumentos e objetos de uso da comunidade que representam. Na quadra do colégio, os alunos tiveram a oportunidade de participar do Toré, dança típica indígena, e também tiveram seus rostos pintados pelos índios.

“Foi edificante e construtivo. Tivemos a satisfação de ver o quanto nosso alunos puderam interagir e conhecer de perto essa cultura, infelizmente tão desconhecida por muitos e até marginalizada por outros. É o berço de nossa nação, da nossa história e pudemos situar os nossos alunos no tempo e no espaço e colocá-los em contato com essa cultura que faz parte da civilização brasileira”, disse o gestor administrativo, o pastor Adson Pituba.

Segundo ele, esta foi a primeira ação do projeto. O segundo momento contempla a retribuição da visita. “Ao final do projeto, teremos a ida dos alunos à aldeia e escola indígenas, para que possam conhecer onde eles moram, como é a rotina no contexto da aldeia”. Conforme o gestor, levá-los à escola indígena vai permitir que eles conheçam o processo de aprendizado das crianças da aldeia. Para ele, a experiência vem valorizar a diversidade cultural tão pertinente à cidade, que chamou de “o portal para o mundo”, e quebrar tabus, fazendo com que esta diversidade seja valorizada e respeitada, formando cidadãos mais conscientes, no mundo plural em que a sociedade está inserida.


Fotos: Colégio Batista

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade