Compras depois do Natal podem ser um bom negócio

O movimento nos corredores dos centros comerciais não deixa dúvida: a época de Natal estimula as compras. Nas sacolas dos consumidores encontram-se principalmente eletrodomésticos, eletrônicos e vestuário. Passada esta semana, no entanto, as vendas e os preços tendem a cair. Diante disso, que produtos são melhores para adquirir antes do Natal e quais ficam mais baratos no início do próximo ano?

De acordo com o professor do Departamento de Economia da Universidade de Brasília Nilton Marques, é preciso estar atento a dois aspectos no momento da compra: a real necessidade de se adquirir determinado produto e o estoque dele na loja. Segundo o professor, se não houver urgência em tê-lo e o estoque dele for grande o suficiente para que dure até as primeiras semanas de janeiro, vale a pena esperar as liquidações. “A regra não é absoluta, é preciso observar os estoques na hora de comprar”, diz.

Marques diz que os produtos da chamada linha branca - como geladeiras, fogões, máquinas de lavar - tendem a ficar mais baratos no primeiro mês do ano. Isso porque a saída desses produtos, ainda que intensa em dezembro, dificilmente zera os estoques. Assim, em janeiro, as lojas colocam as peças em promoção.

Roupas, calçados e eletroeletrônicos, por sua vez, têm saída intensa e os estoques tendem a ficar desfalcados. Por isso, o professor aconselha que as peças da moda Verão sejam adquiridas a partir de agora. Já as de frio ou meia-estação são uma boa aquisição em promoções.

Independentemente se a compra for feita antes ou depois do Natal, Marques recomenda que o consumidor faça pesquisa de preços. “As variações de valores de uma loja para outra pode ser significativa”, diz.


Fonte: Brasil 247

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade