Convênio firmado entre Veracel e Universidade Federal do Sul da Bahia é inédito no Brasil

Em iniciativa inédita, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e a Veracel Celulose firmam parceria para oferecer assistência técnica para apoiar 252 famílias a cultivar a terra de forma adequada e se organizar para gerar renda numa área de 3.319 hectares, o equivalente a aproximadamente 3.000 campos de futebol. No evento de assinatura do termo de cooperação no dia 15/01/19, estavam presentes autoridades do governo estadual e municipal, além de representantes da empresa, de movimentos sociais, associações de agricultores familiares e da área acadêmica.

O valor total do convênio com a UFSB é de R$ 5.100.000,00 (cinco milhões e cem mil reais) e terá duração de cinco anos, com desenvolvimento em etapas. A primeira consistirá em um diagnóstico ambiental e do potencial agrícola das áreas, do perfil socioeconômico das famílias. No segundo ano, iniciam-se as ações mais efetivas de extensão rural, de planejamento produtivo, de implantação de áreas demonstrativas e uma série de outras iniciativas relacionadas à formação dos agricultores.

A proposta de trabalho, nominada Projeto de Pesquisa e Extensão em Desenvolvimento Socioambiental para a Agricultura Familiar, foi apresentada pela professora Gabriela Narezi, do Centro de Formação em Ciências Ambientais – CFCAm da UFSB e coordenadora do projeto, que ressaltou a importância de desenvolvê-lo em parceria com a Veracel. “Este convênio é uma proposta inovadora e desafiadora para a universidade que passa a atuar com temáticas que envolvem questões de segurança alimentar e incentivos à produção e comercialização de produtos agroflorestais”, analisa. “É fundamental para a universidade promover a troca de conhecimento e aprimorar o desenvolvimento da agricultura familiar, tema cujo recursos atualmente estão muito limitados”, complementa Francisco Mesquita, vice-reitor da UFSB.   

Para Andreas Birmoser, presidente da Veracel, a construção do acordo entre os agricultores e a empresa - com mediação do governo estadual - foi além do manual empresarial. “Trabalhamos muito para buscar uma solução imparcial e equilibrada para ambos os lados. É uma conquista muito grande, uma contribuição para a transformação e desenvolvimento da região”, disse Birmoser em seu discurso.  

O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia, Paulo Cézar Lisboa, lembrou que a empresa tem um longo histórico de diálogo com as organizações sociais e que o convênio chegou em uma boa hora para unir duas grandes forças do território. “Veracel de um lado e agricultores rurais de outro serão agora vizinhos. Todos saem ganhando e isso mostra que há espaço para a celulose e agricultura familiar”, declara. O secretário de Agricultura e Pesca de Porto Seguro, Aliomar Bittencourt, também esteve presente na celebração do convênio.

Sobre a Veracel

Instalada em Eunápolis, desde 1991, a Veracel é um empreendimento agroindustrial que integra operações florestais, industriais e de logística. A capacidade de produção da empresa é da ordem de 1,1 milhão de toneladas de celulose branqueada de eucalipto por ano. A atual configuração da base florestal da Veracel mantém um hectare protegido ambientalmente para cada hectare de plantio de eucalipto.

Saiba mais: www.veracel.com.br


Fonte: Vilaça Agência de Comunicação

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade