Caixa inicia pagamento do Saque Imediato do FGTS

 

Primeira etapa alcança quase 12 milhões trabalhadores nascidos entre janeiro e abril

A Caixa começou a depositar, dia 13/09/19, o Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Neste início de calendário, cerca de 11,7 milhões de trabalhadores nascidos entre janeiro e abril com conta poupança na Caixa receberão automaticamente até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do Fundo. Na primeira etapa, R$ 4,8 bilhões devem ser recebidos pelos trabalhadores.

As novas regras para saque das contas do FGTS têm como base a Medida Provisória nº 889/2019, autorizou essa nova modalidade de retirada de recursos do FGTS, com a possibilidade de saque, a partir deste mês, de até R$ 500 das contas vinculadas de titularidade do trabalhador, limitado ao valor do saldo. Por exemplo, se o trabalhador tiver duas contas - uma com saldo de R$ 120 e outra com saldo de R$ 1.000, poderá sacar o valor total da primeira (R$ 120) e R$ 500 da segunda. Assim, o total ficará em R$ 620.

O Saque Imediato do FGTS pode resultar em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões para a economia ainda em 2019 e R$ 12 bilhões para 2020. Cerca de 96 milhões de trabalhadores têm direito ao saque dos recursos.

Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebe primeiro. Os próximos a ter acesso ao saque serão os nascidos em maio, junho, julho e agosto, no dia 27 deste mês. Em seguida, no dia 9 de outubro, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.

Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. As lotéricas também pagarão valores entre R$ 100 e R$ 500, porém com uso do cartão e senha do Cidadão.

O trabalhador também pode optar por receber em outras contas da CAIXA, por meio dos canais: Internet Banking CAIXA, APP FGTS e o site fgts.caixa.gov.br.

No caso de não desejar retirar os recursos, o cidadão deve informar ao banco, por meio dos canais divulgados no site fgts.caixa.gov.br, para que os procedimentos necessários sejam tomados e os valores não sacados retornem à conta vinculada ao FGTS.

A CAIXA também abrirá todas as agências no sábado, 14/09, das 09 às 15h. As unidades terão atendimento exclusivo para realizar o pagamento, solucionar dúvidas, promover acertos de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

Mês de nascimento - recebem a partir de:

- Janeiro, fevereiro, março e abril - 13/09/2019

- Maio, junho, julho e agosto - 27/09/2019

- Setembro, outubro, novembro e dezembro - 09/10/2019

 

Para aqueles que não têm conta poupança na Caixa aberta até o dia 24 de julho de 2019, o calendário começa no dia 18 de outubro, para os nascidos em janeiro, e vai até 6 de março de 2020, para os nascidos em dezembro. Para quem possui cartão e senha do Cidadão, o saque pode ser feito nos terminais de autoatendimento, independentemente do valor.

Mês de nascimento - data de início:

- Janeiro - 18/10/2019

- Fevereiro - 25/10/2019

- Março - 08/11/2019

- Abril - 22/11/2019

- Maio - 06/12/2019

- Junho - 18/12/2019

- Julho - 10/01/2020

- Agosto - 17/01/2020

- Setembro - 24/01/2020

- Outubro - 07/02/2020

- Novembro - 14/02/2020

- Dezembro - 06/03/2020

 

Para saber os valores disponíveis para o saque, os canais de recebimento e as opções de crédito em conta, é só acessar o site da Caixa e informar número do CPF, do NIS (Número de Identificação Social), do PIS (Programa de Integração Social) ou do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e a data de aniversário.

Outra opção para acompanhar as informações sobre o FGTS é um aplicativo, criado pela Caixa, disponível para download nas lojas App Store e Google Play. Outras informações podem ser acessadas no site criado pelo banco ou pela central de informações: 0800 724 2019.

A data limite para recebimento dos valores é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até lá, os valores retornam normalmente para a conta de FGTS do trabalhador.


Com informações da Assessoria de Imprensa da CAIXA e Agência Brasil - Foto: Agência Brasil

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade