Morre o tamanduá-mirim encontrado baleado em Trancoso

 

O tamanduá-mirim baleado, encontrado por funcionários de um hotel em Trancoso, distrito de Porto Seguro, morreu no dia 12/09/18, um dia depois do resgate.

As informações são da Secretaria de Meio Ambiente do Município, que foi acionada pelos funcionários do hotel para resgatar o animal ferido e o levou para uma clínica veterinária, onde ficou internado por um dia.

De acordo com o veterinário que atendeu o tamanduá-mirim, o tiro passou muito próximo ao pulmão do animal, que não resistiu e morreu. A pessoa que atirou no animal ainda não foi encontrada. A caça deste tipo de animal é proibida, constituindo-se crime ambiental com pena de seis meses a um ano de prisão, mais multa.

Apesar dos esforços das equipes de proteção e fiscalização do meio ambiente, no extremo sul da Bahia, ainda é comum encontrar caçadores, inclusive de outros estados, em busca, especialmente, de abater animais de pequeno porte.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade