Comunidade e Ongs se unem na limpeza de praias da região

Ongs e moradores da Costa do Descobrimento se uniram numa causa de proteção à natureza que serve de exemplo para a humanidade. Durante a semana, diversas ações foram desenvolvidas, mas nos dias 22 e 23/09/18, Dia Mundial de Limpeza das Praias, o envolvimento da comunidade teve maior adesão. Eles percorreram praias da região realizando uma coleta seletiva de lixo. A ação faz parte da campanha da ONU e movimentou crianças e adultos, ecologistas e leigos.

As iniciativas partiram do Projeto Coral Vivo e do Coletivo Praia Limpa, com o objetivo de conscientizar moradores e turistas sobre a necessidade de reduzir o lixo que chega aos oceanos. Em Arraial d’Ajuda, foram quatro pontos de encontro: Praia Ponta do Apaga Fogo, Praia dos Pescadores, Praia do Parracho e Praia da Pitinga. Em Trancoso, participaram jovens ambientalistas MAMA Trancoso, na limpeza das praias situadas entre Coqueiros e Nativos. As ações chegaram a Caraíva também.

Em Porto Seguro foi realizada no dia 23/09 e em Santa Cruz Cabrália, incluindo Coroa Vermelha, nos dois dias. A ajuda veio da Colônia de Pescadores, do Espaço Vila Criativa, Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Secretaria de Meio Ambiente, dentre outras instituições. Em Santo André, Santo Antônio e Guaiú, litoral cabraliense, escolas, empresários, pescadores, garis, artesãos, alunos do IASA e Projeto Maré também participaram, alguns levando a família toda para cuidar das praias e ambiente marinho.

De acordo com João Malavolta, idealizador do ecosurf e articulador dessa ação nacional, a mobilização da comunidade é o que garante a continuidade da natureza. Ele disponibilizou formulários que conferem às equipes coletoras maior apoio técnico e mais precisão na execução dos relatórios enviados ao setores nacionais de meio ambiente. “Esse ano, vamos publicar um relatório mais completo e técnico. Já temos um indicativo que essas informações geradas vão ser aproveitadas junto ao Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, que está sendo construído pelo Ministério do Meio Ambiente e vai ser aberto para consulta pública.” De acordo com Mirian Silva, mobilizadora do Espaço Vila Criativa, o trabalho foi muito produtivo e teve engajamento de todos os participantes, mas a adesão pode ser ainda maior.

Entre o material coletado nas praias havia tampinhas, garrafas, canudos e plástico e papel, vidro, rede de pesca e uma tartaruga morta. No mangue, até um freezer foi encontrado, abandonado. De acordo com Alícia, representante do Coletivo Praia Limpa, desde 2015, a instituição realiza ações no Dia Mundial de Limpeza de Praia na Costa do Descobrimento e Costa das Baleias, e este ano, em parceria com o Coral Vivo, Clube dos Desbravadores, escolas e outros segmentos. As localidades de Cumuruxatiba e Corumbau (ambos em Prado) também se mobilizaram. “Todo o lixo recolhido foi separado, pesado e catalogado”, disse Alícia.

O Projeto Coral Vivo distribuiu, por meio do patrocínio da Petrobras, diversos produtos usados pelos voluntários durante a ação de limpeza de praias, além de materiais aos organizadores de outras áreas. “Precisamos sensibilizar as pessoas para que assumam o compromisso de fazer melhores escolhas na hora de adquirir produtos e também para que estejam atentas ao descarte correto”, afirmou a diretora geral do Projeto Coral Vivo, a oceanógrafa Flávia Guebert.

Para as crianças, distribuiu exemplares do “Almanaque Recrutinhas”.  É uma publicação especial que reúne as 36 edições da seção Recrutinhas no informativo “Coral Vivo Notícias”, e outras feitas especialmente. O nome é uma alusão aos “filhotes” de coral, e contém: cruzada, quiz, criptograma, jogo da memória, caça-palavras, desenhos para colorir sobre a fauna marinha, entre outras atividades voltadas para as crianças. Ele tem 40 páginas e foi editado pela coordenadora de Comunicação e Sensibilização do Coral Vivo, Débora Pires.


Fotos: Coral Vivo, Coletivo Praia Limpa e comunidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade