Lixo marinho é tema de encontro com jovens do litoral brasileiro

Rede Biomar instiga a reflexão crítica para fortalecer o protagonismo juvenil em políticas públicas

 

Com o tema “Nosso Lixo, Nossos Mares”, foi realizado entre os dias 30/11 e 02/12/ o II Encontro Jovem Mar, em Arraial d’Ajuda, distrito de Porto Seguro. O evento reuniu cinco grupos com dez jovens de comunidades litorâneas brasileiras, onde atuam os projetos parceiros da Rede Biomar, patrocinados pela Petrobras: Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Tamar. Com idades entre 12 e 29 anos, os jovens participaram de uma programação diversificada, com o objetivo de instigar a reflexão crítica sobre conceitos e práticas de conservação e sustentabilidade socioambiental relacionadas a políticas públicas.

“Buscamos fortalecer o protagonismo juvenil por meio do intercâmbio de conhecimentos, especialmente sobre o lixo marinho que é uma questão global. Esperamos que essa formação cidadã continuada contribua para que eles consigam realizar as ações planejadas coletivamente, ultrapassando suas fronteiras locais”, explicou a oceanógrafa Flávia Guebert, coordenadora geral do Projeto Coral Vivo, que é responsável pela organização desse encontro de âmbito nacional em Arraial d’Ajuda.

A coordenadora de Educação e Políticas Públicas do Coral Vivo, Teresa Gouveia, destacou que o resultado final estará baseado no que o grupo priorizar: “Assim, estamos mantendo o propósito de propiciar o empoderamento e o exercício da cidadania participativa desses jovens”. Entre as sugestões da moderação estão, por exemplo, a redação de cartas e propostas, assim como o monitoramento do lixo marinho em cada comunidade e a criação de uma rede de informações.

Foi convidado para apresentar o tema “O Lixo Humano” o especialista Hildon Carrapito, junto com sua filha Stéphannie, de 7 anos, do Rio de Janeiro. Eles falaram sobre as diversas ações e eventos com foco na natureza que realizam desde 2003 pelo Brasil por meio da empresa Amigança Produções. Eles foram também convidados a participar do Prêmio Parceiros dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 2018, em dezembro, no Palácio do Itamaraty, no Rio de Janeiro (RJ). Fez parte da programação a coleta de lixo na praia e a construção de esculturas de animais marinhos e ecossistemas estudados por seus respectivos projetos.

Cada grupo vem de realidades sociais, culturais, econômicas e ambientais distintas. Esses jovens foram eleitos nos encontros regionais, com o tema lixo marinho, e moram em áreas próximas a Fernando de Noronha (PE), Ponta dos Mangues (SE), Porto Seguro (BA), Caravelas (BA), Ubatuba (SP) e Santos (SP).

Sobre a Rede Biomar

A Rede Biomar é composta pelos projetos Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Tamar, todos patrocinados pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental. Eles desenvolvem ações integradas para a conservação da biodiversidade e da educação ambiental com jovens na costa brasileira, cada um atuando na proteção e pesquisa de espécies-chave e dos habitats relacionados. Conheça mais sobre cada projeto por meio dos sites: www.projetoalbatroz.org.br, www.baleiajubarte.org.br, www.coralvivo.org.br, www.golfinhorotador.org.br e www.projetotamar.org.br.


Fonte e foto: Ascom Influência Comunicação

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade