Bombeiros e brigada ainda tentam contar incêndio na região rural de Itaporanga

Foto tirada pelo taxista Nandi, no dia 24/02/19, à noite, mostra incêndio forte na estrada para Caraíva

 

No dia 23/02/19, a prefeitura de Porto Seguro emitiu um comunicado à população informando que conseguiu reforço do Corpo de Bombeiros para conter incêndios nas matas da região. De acordo com o comunicado, foram remanejadas equipes de Itabuna, Ilhéus, Jequié, Feira de Santana, Vitória da Conquista e Teixeira de Freitas. O pedido foi feito ao comando geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.

São 20 combatentes, que atuam juntamente com soldados bombeiros militares recém-formados, componentes do 6º Grupamento de Bombeiros de Porto Seguro. No dia 22/02/19, uma brigada do Prevfogo, mantida pelo Ibama, com cerca de 20 brigadistas, que já estava atuando em Itaporanga, onde os focos se propagaram com mais intensidade.

As equipes trabalham juntas para contenção dos focos do incêndio que “teve início numa propriedade particular e se propagou em algumas matas do município, agravados pelo longo período de estiagem e altas temperaturas da estação, especialmente na região do Vale dos Búfalos”, diz o comunicado. O corpo de bombeiros conta com a ajuda de um caminhão próprio para incêndio florestal e de aeronaves, também vindas de fora.

Ainda segundo a nota, todas as secretarias municipais, estão de prontidão para auxiliar a população em caso de necessidade. Especialmente a da Saúde, “com equipe de prontidão no Pronto Atendimento de Trancoso, para atender a eventuais casos de inalação de fumaça e demais intercorrências, da Assistência Social, auxiliando no mantimento dos brigadistas, e a de Meio ambiente, no monitoramento e reforço na contenção dos focos de incêndio.

As fotos, do motorista Nandi, mostram o nevoeiro causado pela fumaça, que se alastra pelos arredores da região de Itaporanga. Ele relatou muita dificuldade para passar nas estradas da região, por onde passou quase sem visibilidade alguma. 

Ao agradecer a colaboração de todos os envolvidos na resolução do problema, a prefeitura alerta a população para que “redobre os cuidados, evitando atear fogo em lixo doméstico e em restos de poda, abolindo também as queimadas nas zonas rurais, evitando, assim, os incêndios de grandes proporções, que além de aniquilar as matas, trazem grandes riscos para animais silvestres e para a própria população”.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade