Assassinos de Loalwa Braz são presos no Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu, no dia 19/01/17, em flagrante, os autores do latrocínio da cantora Loalwa Braz Vieira. Após investigação minuciosa, os policiais civis da 124ª Delegacia de Polícia, em Saquarema, Região dos Lagos, chegaram a Wallace de Paula Vieira, de 23 anos, Gabriel Ferreira dos Santos, 21, e Lucas Silva de Lima, 18, identificados como autores do crime. O delegado Leonardo Luís Macharet, titular da 124ª DP disse que todos foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio, cuja pena máxima é de 30 anos.
O delegado informou que após a informação, pela manhã, sobre um incêndio na Pousada Azur, localizada na Estrada da Barreira, em Saquarema, houve a comunicação de que o carro da cantora teria sido encontrado a aproximadamente 1 km da pousada, com um corpo carbonizado dentro do veículo. Depois disso, houve uma perícia no local e o corpo de Loalwa Braz Vieira foi removido para o Instituto Médico-Legal (IML) para apuração da causa da morte e identificação.
A Polícia Civil informou que as investigações indicaram que no final da noite de quarta-feira, os três indicados como autores do crime chegaram à Pousada Azur, arrombaram a porta de entrada e imobilizaram a cantora Loalwa, que era proprietária do estabelecimento. Segundo a polícia, ela ainda tentou reagir, entrou em luta corporal, mas foi agredida com pauladas e golpes de faca até desmaiar. Foi aí que arrastaram a cantora até o veículo dela, estacionado no terreno da pousada, e o levaram para uma rua próxima, onde resolveram tocar fogo no carro com a cantora no seu interior. Ainda nas diligências, os policiais localizaram e apreenderam a faca e o pedaço de madeira utilizados pelos autores para golpear a vítima.
Wallace chegou a se apresentar aos policiais como testemunha e caseiro da propriedade. Contou que tinha presenciado o crime, mas durante o depoimento houve contradições, e ao notar que seria descoberto, confessou o crime. Depois disso, os agentes identificaram Gabriel Ferreira dos Santos, preso no centro de Bacaxá, distrito de Saquarema, que estava com o telefone celular e o cartão bancário da cantora. No início da noite, Lucas Silva de Lima foi preso no bairro Guarani, em Saquarema.


Fonte: Agência Brasil

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2018 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade