Para a polícia, dívidas podem ter motivado assassinato de ex-vereador

A Polícia Civil de Porto Seguro investiga as possíveis causas do assassinato do ex-vereador Aldair Silva Andrade, de 41 anos. Ele foi morto em casa, no bairro Tabapiri, por volta das 10h30, no domingo, 07/01/18. A suspeita é de que dívidas contraídas pelo ex-vereador teriam sido a causa do assassinato. Segundo a família, Aldair estava recebendo ameaças de agiotas a quem devia dinheiro.

De acordo com a perícia, ele foi atingido por três tiros de arma de fogo, inclusive, na cabeça, quando teria ido ao portão atender a um chamado. Aldair não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ainda não se tem notícia de suspeitos.

O ex-vereador era casado, foi empresário, ficou na suplência da Câmara e assumiu o cargo de vereador pelo PMDB em 2014, em substituição à vereadora Lívia Bittencourt, quando esta foi nomeada secretária de Assistência Social. Ficou até 2016, quando tentou nova candidatura pelo PSC, mas não se reelegeu.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2018 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade