Salário do prefeito de Porto Seguro está entre os cinco maiores da Bahia

 

Um levantamento feito pela filial do Observatório Social do Brasil (OSB) em Santo Antônio de Jesus mostra quem são os prefeitos com maiores salários da Bahia. Segundo a Ong, o maior valor recebido é o teto constitucional (R$ 33.763), do prefeito de Paulo Afonso, Luiz de Deus (PSD). Beto do Axé Moi (PP), de Porto Seguro, vem em quinto lugar, junto com Moema Gramacho (PT), de Lauro de Freitas, ambos recebendo R$ 26.000.

Empatados na segunda posição estão Manoel Sidônio Nilo - irmão do deputado estadual Marcelo Nilo (PSB) -, de Antas, e Fernando Gomes (PSD), de Itabuna, com R$ 30.000 mensais. Dinha Tolentino (MDB), de Simões Filho, está na quarta posição, com R$ 26.880.

De acordo com o Observatório Social, cujas atividades são voltadas para o monitoramento das contas públicas, a pesquisa foi realizada com base em dados do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Na outra ponta

O menor salário é o do prefeito de Maetinga, Edcarlos Oliveira (PT), que recebe R$ 6.300. Gilson de Souza (PSD), de Cristópolis, e Hémerson Eloi (PT), de Santa Inês, completam o top 3 com remunerações de R$ 7.000 e R$ 7.500.

Nos grandes municípios

Entre as dez maiores cidades da Bahia, quatro prefeitos aparecem no top dez dos salários mais elevados. Além de Fernando Gomes e Moema Gramacho, Paulo Bonfim (PCdoB), de Juazeiro, e Timóteo Brito (PSD), de Teixeira de Freitas, integram a lista e ganham R$ 25.502 e R$ 25.000 respectivamente. Já os gestores dos três maiores municípios baianos não estão nem entre as 30 remunerações mais altas. Deles, o que ganha mais é Herzem Gusmão (MDB), de Vitória da Conquista, com R$ 19.132, seguido por ACM Neto (DEM) R$ 18.038,10 e Zé Ronaldo (DEM), de Feira de Santana, R$ 8.441.

Supervalorizados

No ranking dos dez maiores vencimentos para prefeitos baianos, somente um dos municípios figura entre os 50 maiores do estado. Trata-se de Campo Formoso, 28ª cidade com maior população do estado, onde a prefeita Rose Menezes (PSD) recebe R$ 22.680. Deles, o menor é Antas. A gestora de Maragojipe, Vera Lúcia dos Santos (PR), ganha R$ 24.513 e aparece em sétimo na lista. O prefeito de Riacho de Santana, Alan Vieira (PSD), tem salário de R$ 25.000, sexto maior, enquanto o de Curaçá, Pedro Oliveira (PSC), recebe R$ 22.790, está em nono.


Fonte: Observatório Social do Brasil

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade