Postos começaram a segunda temporada de vacinação contra HPV

Em Porto Seguro, pais ou responsáveis de meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos estão sendo convocados às Unidades de Saúde, em todo o município, para a imunização destes adolescentes contra o HPV (papilomavírus humano), disponível nas salas de vacinação.

A vacina faz parte do calendário anual durante todo o ano na rotina de atendimento desenvolvido na Rede da Atenção Básica. O Ministério da Saúde fez a convocação no início de setembro, por meio de seus canais de comunicação, informando a campanha em diversas unidades de saúde do país.

A vacina protege 4 subtipos frequentes do vírus (6, 11, 16 e 18). A imunização é aplicada em duas doses, com intervalo de seis meses, tendo o objetivo de garantir a prevenção de cânceres de útero e vulva nas mulheres, câncer de pênis em homens e cânceres de boca, orofaringe e ânus, além de verrugas genitais em ambos os sexos.

A coordenadora de imunização municipal, Greciana da Silva, esclarece que a principal forma de transmissão do vírus HPV é no contato sexual e a proteção só é assegurada por meio da vacina, antes do início da vida sexual. "As meninas e meninos que compõem a faixa etária do público alvo devem majoritariamente receber as duas doses, conforme o indicado no esquema vacinal ou a proteção será comprometida.” Mas a coordenadora enfatizou que a vacina não protege contra outras doenças sexualmente transmissíveis, como a Aids, sífilis ou hepatite, e reforçou a necessidade do uso de preservativos nas relações sexuais como método mais adequado de prevenção.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade