Vigilância Sanitária apura denúncia de venda indevida de água da chuva

A Vigilância Sanitária de Porto Seguro realizou visita a uma loja de material de construção no bairro Mirante, que estava sendo denunciada como ponto de venda clandestina de água para beber, em galões de 20 litros.

A Visa afirmou que, durante a fiscalização, não ficou evidenciada a prática. No estabelecimento, os inspetores identificaram a existência de uma caixa d'água vazia e galões lacrados, dentro da validade, e com apresentação da nota fiscal da distribuidora. Mas a diretora da vigilância sanitária, Luciane Minetto, afirmou que, como trata-se de um comércio de materiais de construção, a venda de água mineral foi imediatamente suspensa e o estabelecimento será submetido a fiscalizações frequentes.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade