Lembranças de São João


O tempo esfriou, a chuva chegou e uma coisa vem na cabeça: vamos armar a fogueira porque já é São João! Pra ser sincero, lá na minha terra, a Festa Junina é bem mais modesta do que a comemorada aqui no Nordeste, mas como vocês sabem, eu tenho sangue Sergipano. Meu pai sempre fez questão de ir para São Cristovão (terra de mainha) nessa época do ano. Dois mil quilômetros separavam Santos até o destino final, ou seja, dois dias de carro para chegar e nos hospedar na casa de minha bisavó para passar quinze dias de festa. E que festa! 

Apesar da simplicidade do interior de Sergipe, a mesa estava sempre farta e a alegria estampada no rosto do povo. Isso me marcou! Outra lembrança que foi marcante e fica até hoje na minha cabeça, foi quando eu tinha meus 6, 7 anos de idade, em uma dessas quadrilhas de escola. Fugi e larguei meu par dançando sozinha, que vergonha!

Agora por último e não menos importante, a comida que mais me marcou em todos esses tempos vem lá do interior também. Minha Bisavó sempre fazia umas bolachas de goma que eram divinas. Sempre quando voltava pra casa, eu levava pelo menos um cento para ir comendo no caminho, afinal, eram dois dias de viagem para chegar a Santos, e elas eram realmente viciantes. Na verdade, até hoje sou apaixonado por esses biscoitos, tanto é que minha vó veio me visitar recentemente aqui na Bahia e me trouxe um cento que foi devorado em uma semana, tempo recorde para mim. Aproveitei e pedi a receita e agora compartilho com vocês.

Feliz São João!

Bolacha de Goma da Dona Erivalda (rende 100 unidades)

Ingredientes:

600 g de goma, 250 g de margarina, 01 gema de ovo, 300 g de açúcar, 01 coco ralado.

Modo de Preparo:

Em um pano limpo e seco coloque o coco ralado e esprema até tirar todo o sumo do coco que deve dar em média 1/2 xícara de leite. Coloque na batedeira a gema, 200 g da margarina, o açúcar e o leite, bata bem. Aos poucos despeje a farinha de goma e continue batendo. Quando a massa for ficando homogênea, desligue a batedeira e termine de amassar na mão, se preciso for, adicione mais farinha de goma até que a massa dê o ponto de fazer bolinhas. Unte as assadeiras com margarina, faça as bolinhas e ponha para assar em forno médio, lembrando que deve se dar um espaço entre os biscoitos. Quando os fundos dos biscoitinhos estiverem dourando, vire o lado e leve ao forno novamente por alguns minutos, muito cuidado para não deixar assar muito. Depois retire do forno deixe esfriar e estará pronto para saborear.

Bom Apetite!


Caio Silva é chef, um paulista apaixonado por comida

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade