Turistas buscam auxílio de guias e monitores no Carnaval do interior da Bahia


Os turistas que passaram o Carnaval em cidades do interior da Bahia também contaram com a orientação dos profissionais do projeto Guias e Monitores, da Secretaria do Turismo do Estado da Bahia (Setur). Eles atuam nas localidades onde o turismo e a tradição carnavalesca são fortes, como Porto Seguro, Ilhéus e Praia do Forte (Mata de São João), além de Salvador, prestando informações sobre programação da folia, transportes e atrativos turísticos.
Em Porto Seguro, o projeto está sendo operado por seis profissionais, com atendimentos em pontos como Rodoviária; em frente ao Shopping Avenida, onde se concentraram os trios elétricos; no Circuito Cultural e na Passarela do Descobrimento, depois dos desfiles dos blocos culturais; e também em Arraial d’Ajuda, nas ruas Mucugê e Broadway.
“Até a noite de segunda-feira realizamos 5.346 atendimentos”, disse a turismóloga Marinalda Malacarne, que coordena o grupo em Porto Seguro. Segundo ela, em geral, os turistas pedem informações sobre hotéis, táxis, pontos turísticos da região e a programação do Carnaval.
Em Praia do Forte, quatro profissionais atuaram, principalmente na entrada da Vila. “Começamos o trabalho às 9h00, porque neste horário os turistas já estavam chegando e querendo informações sobre pousadas, restaurantes, lojas e programação do Carnaval”, afirmou Paula Carvalho, uma das monitoras que trabalharam no local. “Muitos também queriam saber a melhor forma de ir a Salvador, conhecer os pontos turísticos e o Carnaval”, acrescentou.
Ainda há, segundo ela, muita procura de informações por parte de argentinos, além de italianos, chilenos e brasileiros de estados como Pernambuco e Minas Gerais, além de baianos, principalmente da Chapada Diamantina e de Salvador. Até a noite de segunda-feira os Guias e Monitores haviam realizado 2.071 atendimentos em Praia do Forte.
Em Ilhéus, onde não houve Carnaval oficial este ano, mas a folia aconteceu com manifestações espontâneas, quatro profissionais do Guias e Monitores atuaram para auxiliar os turistas que visitaram a região.
O projeto Guias e Monitores foi criado em 2008 com o propósito de oferecer um receptivo especial aos turistas no Carnaval. Este ano, 225 profissionais realizaram atendimentos de quinta-feira (08) a terça-feira (13/02) em Salvador, Praia do Forte, Porto Seguro e Ilhéus. O serviço é oferecido em idiomas como inglês, espanhol, italiano, francês e a Língua Brasileira de Sinais (Libras).


Fonte: Ascom/Setur

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade