As festas juninas e suas calorias

Publicado na ed. 409 do Jornal do Sol

Uma das épocas mais esperadas do ano está chegando: a das festas juninas. E como todas as festas, estas também são regadas a muitas comidas e bebidas: quentão, licor, canjica, pamonha, munguzá, arroz doce, milho verde, amendoim cozido etc. As opções são inúmeras e, na maioria das vezes, bastantes calóricas.

Estes pratos só são encontrados nesta época e fugir destas tentações é missão quase impossível. A boa notícia é que dá para aproveitar a festa sem descuidar da dieta e da saúde. O segredo é não exagerar na quantidade. Com equilíbrio e moderação é possível aproveitar a festa e todas as suas delícias, sem sair da linha e sem ganhar peso.

Alimentos como milho, abóbora, arroz, amendoim, sozinhos não oferecem riscos a sua dieta, o problema é que, na maioria das vezes, eles estão acompanhados de açúcar, creme de leite, manteiga, leite de coco, coco e leite condensado.

Como a maioria das festas acontece à noite, o ideal é que substitua o seu jantar por uma das preparações salgadas. Um caldo ou um churrasquinho são ótimas opções. Para a sobremesa, escolha somente uma das opções, de preferência a menos calórica, e modere na quantidade.

Procure não consumir mais do que uma porção das receitas, para não sentir as “sequelas na balança”. E não belisque, faça da festa uma refeição completa. Comemore esse período de festas com seus amigos e familiares, consumindo um pouquinho de cada alimento que aprecia, sem sair da linha! E o mais importante: dance bastante, não pare. A dança faz bem para o corpo, para a mente e queima calorias.

Viva Santo Antônio, São João e São Pedro!

Saúde a todos!


Maria Luiza dos S. Cardoso é nutricionista especialista em obesidade e emagrecimento

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade