Partidos têm R$ 1,7 bilhão para gastar em campanha eleitoral

 


Partidos estão proibidos de receber doação de empresas para suas campanhas políticas. Em compensação, o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), alcançou a casa dos dez dígitos, segundo informado em junho/2018, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O valor total, de R$ 1.716.209.431,00 (um bilhão, setecentos e dezesseis milhões, duzentos e nove mil, quatrocentos e trinta e um reais), para divisão entre os diretórios nacionais dos 35 partidos com registro no TSE.
Pelas regras, 98% divididos de forma proporcional entre os partidos, considerando o número de representantes no Congresso Nacional (Câmara e Senado). Siglas que elegeram mais candidatos em 2014 e aquelas que mantém o maior número de cadeiras legislativas recebem mais recursos. Os mais favorecidos são PMDB, PT e PSDB, com cotas de R$ 234,2 milhões, R$ 212,2 milhões e R$ 185,8 milhões, respectivamente. Em seguida, aparecem o PP (R$ 131 milhões) e o PSB (R$ 118 milhões) entre as legendas beneficiadas com as maiores fatias.
Os 2% restantes (R$ 34,2 milhões) serão repartidos igualmente entre os partidos com registro no TSE, com ou sem representação no Congresso. Desta forma, partidos que não têm parlamentares no Legislativo Federal, receberão R$ 980,6 mil do fundo eleitoral.
Criado em 2018 sob o argumento de regulamentar o repasse de recursos públicos entre as legendas, o fundo começa a ser utilizado num momento crítico, em que o país passa por cortes declarados pelo Governo Federal, na saúde, educação, segurança e previdência.
Segundo o TSE, a utilização destes valores pelos partidos deverá seguir alguns critérios, dentre eles, a obrigação de aplicação mínima de 30% do total recebido para o custeio da campanha eleitoral de mulheres candidatas.

Veja quanto partido deverá receber:

PMDB - R$ 234.232.915,58
PT - R$ 212.244.045,51
PSDB - R$ 185.868.511,77
PP - R$ 131.026.927,86
PSB - R$ 118.783.048,51
PR - R$ 113.165.144,99
PSD - R$ 112.013.278,78
DEM - R$ 89.108.890,77
PRB - R$ 66.983.248,93
PTB - R$ 62.260.585,97
PDT - R$ 61.475.696,42
SD - R$ 40.127.359,42
Podemos - R$ 36.112.917,34
PSC - R$ 35.913.889,78
PCdoB - R$ 30.544.605,53
PPS - R$ 29.203.202,71
PV - R$ 24.640.976,04
PSOL - R$ 21.430.444,90
Pros - R$ 21.259.914,64
PHS - R$ 18.064.589,71
Avante - R$ 12.438.144,67
Rede - R$ 10.662.556,58
Patriota - R$ 9.936.929,10
PSL - R$ 9.203.060,51
PTC - R$ 6.334.282,12
PRP - R$ 5.471.690,91
DC - R$ 4.140.243,38
PMN - R$ 3.883.339,54
PRTB - R$ 3.794.842,38
PSTU - R$ 980.691,10
PCB - R$ 980.691,10
PCO - R$ 980.691,10
PPL - R$ 980.691,10
Novo - R$ 980.691,10
PMB - R$ 980.691,10

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade