Porto Seguro e Cabrália têm novos locais de votação

No dia 07/10/18, o Brasil vai às urnas para decidir quem ocupa as cadeiras de presidente, governador, dois senadores, deputados federal e estadual. O eleitor deve estar atento às regras da Justiça Eleitoral e às novidades, para não surgirem dúvidas na hora do voto.

Nas zonas eleitorais 121 e 122, devido ao recadastramento biométrico, houve grande migração de eleitores. Também foram criados novos locais de votação e outros substituídos. De acordo com o Cartório Eleitoral, estão aptos a votar 106.354 eleitores, sendo 88.317 de Porto Seguro e 18.037 de Santa Cruz Cabrália.

Em Porto Seguro, foram acrescentados como locais de votação a Escola Vila Parracho e o SESC, recém inaugurado. Na Vila Valdete, o Colégio Municipal Valdívio Costa ganhou mais três seções. E em Santa Cruz Cabrália, o Colégio Antônio Sambrano, já reformado, volta a receber eleitores. Houve aumento de seções na orla e em bairros populosos da periferia.

A Escola Municipal Professor Álvaro Henrique Santos, no bairro Frei Calixto, agora com seis seções a mais, saiu do quinto lugar em número de eleitores, em 2016, para o local onde mais gente vota, com 6.572 votantes. Em compensação, o Colégio Municipal de Porto Seguro, no Centro, que outrora concentrava a maior quantidade de votantes, caiu quase pela metade, abrigando atualmente 3.743 eleitores.

No Centro, ainda houve queda significativa de eleitores no Colégio Estadual Pedro Álvares Cabral e no Colégio Estadual Dr. Antônio Ricaldi. No Campinho, o Colégio Municipal Padre José de Anchieta, a Escola Governador César Borges também viram minguar seu eleitorado. Assim como Pindorama.

Já o Colégio Mater, no Mundaí, Orla Norte, mais que dobrou o número de eleitores. Assim como a Escola Municipal Helena Rebocho, no Vila Jardim (Ubaldinão). Em Trancoso, eleitores que votavam no Colégio Estadual Elba Ramalho, agora vão votar na Escola Municipal Maria dos Anjos.

Justificativa

Em Porto Seguro, urnas para justificativa vão estar na rodoviária, aeroporto, Colégio Municipal e Colégio Mater. No Arraial d’Ajuda, na Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, na Escola Municipal do Arraial e na Pré-Escola do Arraial d'Ajuda. E, em Trancoso, nas escolas municipais Maria dos Anjos e Honorina Passos.

Nome Social

Caso o eleitor tenha registrado nome social na Justiça Eleitoral, este constará em ordem alfabética do caderno de votação. Se necessário, a consulta poderá ser feita também pelo nome civil na lista constante ao final do caderno de votação. Não ocorrendo o reconhecimento biométrico, o eleitor poderá assinar o nome social ou o nome civil.

Cola eleitoral

Para o eleitor que não sabe de cor os números de seus candidatos, a orientação é que ele leve uma colinha conforme modelo abaixo, especificado pelo TRE-BA. Assim, não haverá perda de tempo e as chances de equívocos são bem reduzidas.

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade