Carnaval promove resultados positivos para rede hoteleira no litoral baiano

Com alguns dos destinos de sol e praia mais famosos do país, o litoral baiano atrai turistas do Brasil e do mundo nos dias de Carnaval. No sul do estado, onde se concentram cidades como Porto Seguro, Ilhéus e Itacaré, os hotéis estiveram com alta ocupação. O mesmo aconteceu em localidades como Morro de São Paulo, no arquipélago de Tinharé, e na Praia do Forte.

Em Porto Seguro, onde estavam sendo esperados mais de 60 mil turistas, a ocupação hoteleira ficou em torno de 95%, segundo a Secretaria Municipal de Turismo. Além dos atrativos históricos e naturais, o Carnaval Cultural, com desfile de cerca de 50 blocos, e atrações nos trios como Luiz Caldas, Babado Novo, Tayrone, Durval Lelys, Cheiro de Amor, Parangolé, Pagodart, Guig Ghetto e Patati Patatá.

Em Ilhéus, que conta com 8 mil leitos, a taxa de ocupação dos hotéis projetada pelo Costa do Cacau Convention Bureau foi de 100%. Pela cidade circularam cerca de 50 mil turistas, entre os que permanecem no local e os que estão apenas de passagem.

A maioria dos visitantes são do sudoeste e oeste da Bahia, do sul de Minas Gerais e do sul do país. Não houve Carnaval oficial na cidade, mas manifestações pontuais e espontâneas em bairros, clubes e condomínios.

Em Itacaré, a média de ocupação prevista nos 160 meios de hospedagem durante o Carnaval foi de 95%.  Mais de 10 mil turistas foram esperados na cidade durante o feriadão carnavalesco. Destes, mais da metade são da Bahia e os demais são visitantes de estados como Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Distrito Federal.

A programação de Carnaval em Itacaré foi até 05/03, na Orla da Coroinha, com atrações como Melim, Os Travessos, Jau e Rafa e Pipo Marques. Blocos alternativos e mascarados desfilaram ao som de marchinhas. 

Tinharé, no município de Cairu, Morro de São Paulo também foi destaque, com turismo em alta. A taxa de ocupação hoteleira estimada ficou acima de 80%, e deve chegar a 100% na ressaca do Carnaval. A média de turistas que se hospedam no arquipélago de Tinharé, que também inclui destinos como Boipeba e Gamboa, varia de 14 mil a 16 mil. Com o acréscimo do day use a variação sobe para 19 mil a 21 mil.

Na Praia do Forte, meios de hospedagem como o hotel Porto Zarpa e a pousada Casa de Praia tiveram 100% de ocupação. A programação de Carnaval incluiu desfiles de blocos, shows e bailes infantis.

No Carnaval, a Bahia recebeu 2,2 milhões de turistas, que movimentaram R$ 2,5 bilhões na economia do estado, segundo estimativas da Secretaria do Turismo do Estado (Setur).


Fonte: Ascom/Setur - Fotos: Rita Barreto e Tatiana Azeviche

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade