Mapa turístico 2017
Fisio

Cidades baianas iniciam os preparativos para receber a tocha olímpica

Camaçari irá sediar o encontro preparatório para organizar o revezamento da tocha olímpica em 2016 no estado da Bahia. Representantes do governo federal, em parceria com o governo do Estado da Bahia, estarão reunidos com os prefeitos das 27 cidades baianas já selecionadas, nesta quinta-feira (17), para definir atribuições no que se refere ao planejamento, segurança e divulgação das olimpíadas.

As reuniões preparatórias estão sendo realizadas em todos os estados e são coordenadas pela Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República (SRI), através da Subchefia de Assuntos Federativos (SAF) e os ministérios do Esporte, Turismo, Cultura, Justiça, Defesa e Secretaria-Geral.
Para o encontro na Bahia estão confirmadas as presenças do subchefe de assuntos federativos da SRI, Olavo Noleto, do ministro do Esporte, George Hilton, do secretário de Relações Institucionais do Governo do Estado da Bahia, Josias Gomes, de Marco Aurélio Vieira, representando o Comitê Rio 2016, da presidente da União de Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria Mendes de Jesus, do prefeito de Salvador, capital do Estado, Antônio Carlos Magalhães Neto e demais prefeitos das cidades baianas que receberão o revezamento da tocha olímpica no Estado.

Ponto alto da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, o acendimento da Pira Olímpica é um ritual que se repete há várias décadas e representa o início oficial do evento. Mas, antes de chegar ao Rio de Janeiro (RJ), em agosto de 2016, a chama olímpica percorrerá um longo caminho desde o seu acendimento, na cidade grega de Olímpia. No dia 3 de maio, exatos 100 dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos Rio 2016, a chama chega à Brasília (DF), dando início a um itinerário que percorrerá mais de 300 cidades, incluindo as outras 26 capitais brasileiras, sendo conduzida por mais de 12 mil pessoas.
Na Bahia, 27 cidades já estão garantidas para o revezamento da tocha, sendo que, em seis delas, a tocha olímpica também irá pernoitar por uma noite.

ATLETAS NO EVENTO - Uma comitiva de atletas baianos também estará representando o Estado no evento de Camaçari nesta quinta-feira: Robson Conceição (vice-campeão mundial de boxe 2013); Allan do Carmo (campeão da Copa do Mundo 2014 de maratona aquática 10 km); Isaquias Queiróz (primeiro brasileiro campeão mundial de canoagem velocidade); Valdenice Conceição (medalha de bronze no campeonato mundial de 2014 na modalidade canoagem velocidade) e Acelino ‘Popó’ Freitas (tetracampeão mundial de boxe).
Também irão prestigiar o evento os canoístas baianos Jack Jamael Nascimento Godman (16), Maico Ferreira dos Santos (20), Matheus de Souza Cruz (18) e Vilson Conceição do Nascimento (29), todos da Associação de Canoagem de Itacaré e Andrea Santos (23), Caique Ferreira (22), Carlos Santos (16), David Oliveira (19), Carlos Santos (16), Luciana Costa (29), Matheus Sacramento (22) e Valber Arcanjo (20) da Associação Cacaueira de Canoagem.

Atuação dos ministérios envolvidos e os principais investimentos para as Olimpíadas no estado da Bahia:

MINISTÉRIO DO ESPORTE
CENTRO PAN-AMERICANO DE JUDÔ (CPJ)
Trata-se do maior centro de treinamento das Américas e um dos maiores do mundo
CT recebeu investimentos da ordem de R$ 43,2 milhões, sendo R$ 19,8 milhões do Ministério do Esporte
Inaugurado em julho de 2014, o centro conta com área construída de 20 mil m² e toda estrutura necessária para receber atletas de outros países para treinamento, competições e até mesmo para aclimatação antes dos Jogos do Rio 2016.
A estrutura inclui um ginásio climatizado, com quatro áreas oficiais para competições, arquibancadas com capacidade para 1.900 pessoas, salas de apoio, vestiários, academia, prédio administrativo, com um auditório para 200 pessoas, e outro para alojamento, com quartos para 72 atletas, piscina, uma quadra poliesportiva descoberta e uma pista de corrida de 100m.
Atende outras modalidades de lutas

CENTROS DE INICIAÇÃO AO ESPORTE > Investimento: R$ 74,9 milhões
Serão 21 Centros de Iniciação ao Esporte (CIEs) no estado
As unidades serão construídas nas cidades de: Barreiras, Alagoinhas, Feira de Santana, Jacobina, Juazeiro, Paulo Afonso, Serrinha, Eunápolis, Ilheus, Itabuna, Jequié, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Valença, Camaçari, Lauro de Freitas, Salvador (2), Simões Filho, Guanambi e Vitória da Conquista.
A unidade de Camaçari conta com ginásio reversível e quadra externa. Investimento: R$ 3,3 milhões.

EQUIPAMENTOS PARA MODALIDADES

Judô – A Federação Baiana de Judô, em Salvador, recebeu 144 placas de tatames e 2 Kits de placares, equipamentos do sistema de videomonitoramento (vídeo replay). Equipagem é resultado de convênio com a Confederação Brasileira de Judô no valor total de R$ 3,8 milhões.
Taekwondo – A Federação Esportiva Baiana de Taekwondo, em Salvador, recebeu tatames, eletrônicos, telões e câmeras. Equipagem é resultado de convênio no valor global de R$ 3 milhões com a Confederação Brasileira de Taekwondo.
Basquete – O Clube Adelba, em Salvador, recebeu piso flutuante, tabelas, contador e placar eletrônico. Equipagem é resultado do convênio assinado com a Confederação Brasileira de Basketball (CBB), no valor total de R$ 2,7 milhões.
Lutas Associadas – Estado foi contemplado com dois tapetes oficiais de luta que estão instalados no Colégio Rotory, em Salvador, e no Ginásio de Esporte de Lauro de Freitas, em Lauro de Freitas. A equipagem é resultado de convênio com a Confederação Brasileira de Lutas Associadas no valor global de R$ 2,8 milhões,
Maratonas Aquáticas – A Federação Baiana de Desportos Aquáticos recebeu dois botes infláveis e dois motores de 15HP. Ação é resultado de convênio firmado com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos no valor total de R$ 1,1 milhão.

Bolsa Atleta > Investimento total em atletas do estado: R$ 2,8 milhões
220 atletas de modalidades olímpicas/paralímpicas do estado são contemplados em 2015.
4 atletas nasceram em Camaçari (investimento: R$ 44,4 mil)
Eliabe Soares Teixeira – Basquete em Cadeira de Rodas – Categoria Nacional
Evaldo Figueiredo Lucena – Tiro Esportivo - Categoria Nacional
Sergio Santos Dantas – Boxe - Categoria Nacional
Wiliton dos Santos – Boxe - Categoria Nacional

Bolsa Pódio > atletas da Bahia – Investimento: R$ 1,2 milhão
Robenilson Vieira de Jesus – Boxe – Salvador
Erlon de Souza Silva – Canoagem Velocidade – Ubatã
Isaquias Queiroz – Canoagem Velocidade – Ubaitaba (participará do evento)
Marta Santos Ferreira – Canoagem Paralímpica – Ipiaú
Evânio Rodrigues da Silva – Halterofilismo Paralímpico – Cícero Dantas
Allan do Carmo – Maratona Aquática – Salvador (participará do evento)
Ana Marcela Cunha – Maratona Aquática - Salvador
Verônica Mauadie de Almeida – Natação Paralímpica – Salvador
Robson Conceição – Boxe – Salvador (participará do evento)
Mais informações
Ascom Ministério do Esporte – (61) 3217-1875
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

MINISTÉRIO DO TURISMO

Desde 2003, o Ministério do Turismo investiu mais de R$ 199 milhões em obras de infraestrutura turística no estado da Bahia.
A Bahia está entre as cinco Unidades da Federação que registraram maior crescimento percentual no número de visitantes internacionais em 2013, 13%, em relação ao ano anterior (MTur)
Foi o 5º estado mais visitado pelos turistas internacionais na Copa do Mundo, entre 500 localidades que receberam visitantes de outros países. Em 2014, mais de 145 mil turistas estrangeiros entraram pelo Brasil pela Bahia.
Os europeus foram maioria entre os estrangeiros que visitaram a Bahia no ano passado. O volume de turistas da Europa cresceu de 85,3 mil, registrados em 2013, para 105,7 mil em 2014.
93% dos turistas internacionais que estiveram em Salvador na Copa aprovaram a hospitalidade do povo e 89,2% a infraestrutura do aeroporto
Salvador é a primeira cidade em aspectos culturais no Índice de Competitividade do Turismo Nacional (MTur/FGV/Sebrae)
Salvador é o 3º destino mais visitado por brasileiros e o 4º destino mais desejado do país (MTur/Fipe)
65% dos estrangeiros da Copa do Mundo que pretendem voltar ao Brasil para eventos específicos, apontaram os Jogos Olímpicos e Paralímpicos como motivação.
Mais informações
Ascom Ministério do Turismo – (61) 2023-7055
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

EMBRATUR

Dos mais de 6,4 milhões de turistas estrangeiros, que estiveram no Brasil em 2014, aproximadamente 146 mil visitaram a Bahia, um dos estados a receber a Copa do Mundo.
Em 2013, foram 128.838 visitantes estrangeiros no estado.
A Bahia está presente em diversas ações de promoção turística do Brasil, desenvolvidas pela Embratur. As últimas participações foram na Expo Milão 2015, durante apresentação do projeto “Visit Brasil - Olympic Games”, que pretende apresentar ao mundo toda a diversidade brasileira por meio da promoção dos destinos e produtos turísticos consolidados com foco nas Olimpíadas.
A Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) participa, até esta quinta-feira, 17 de setembro, em Coimbra, Porto, Lisboa e Albufeira, do roadshow da Operadora Soltrópico, em parceria com a Embratur. O objetivo principal é divulgar a Bahia para cerca de 360 agentes de viagens de Portugal.
Em setembro, com apoio da Embratur, a Associação dos Operadores de Turismo dos Estados Unidos (Ustoa), enviou a blogueira Kelley Ferro, do programa Living Like a Local, e o fotojornalista Colin Roohan, da revista Afar, ambos dos Estados Unidos, para conheceram um pouco da diversidade que o Brasil tem a oferecer em destinos como a Bahia e o Rio de Janeiro. Kelley Ferro é expert em viagens, vídeo jornalista e colaboradora do site Tripfilms.com. Já a Afar, revista focada em viagens de experiência conta com “Embaixadores” - formadores de opinião do setor de turismo - e fotógrafos como Colin Roohan que trabalham compartilhando sua visão durante viagens de experiência. Além de Salvador, o roteiro incluiu a Chapada Diamantina e a capital carioca.
Mais informações
Ascom Embratur – (61) 2023-8555
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

Para garantir a segurança de uma operação tão complexa, a Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça - Sesge/MJ iniciou uma série de reuniões com os governos estaduais e prefeituras das cidades por onde a tocha passará, seguindo uma agenda de visitas da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República (SRI/PR). Até outubro, será feita a difusão do conceito de operação, que foi concebido no âmbito da Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para os Jogos Rio 2016 (COESRIO2016), a fim de se fazer os ajustes necessários a cada unidade federativa.
A partir de novembro, serão elaborados os Planos Táticos Integrados de Segurança da Tocha, numa nova série de reuniões regionais que definirão as atribuições de cada uma das instituições envolvidas na operação, incluindo Força Nacional de Segurança Pública, que fará a segurança aproximada da tocha, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, polícias civis e militares dos estados, corpos de bombeiros, guardas municipais, além de órgãos de trânsito e do Comitê Organizador Rio 2016. Também participam das reuniões o Ministério da Defesa, por meio da Coordenação Geral de Defesa de Área (CGDA), e a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). A interlocução com os Estados é feita pela Subsecretaria de Assuntos Federativos da SRI/PR.
“Da mesma forma que o Revezamento da Tocha vai levar as Olimpíadas para todo o país, estamos levando a doutrina de integração das forças de segurança, a fim de garantir uma operação de segurança uniforme e integrada, envolvendo instituições de segurança pública federais, estaduais e municipais”, explica o Coordenador-Geral de Operações da SESGE/MJ, Humberto Freire de Barros, designado para coordenar a Operação de Segurança da Tocha. Nesta fase do planejamento, conforme Freire, estão sendo mapeadas as principais atividades de segurança necessárias em cada localidade, levando-se em consideração inclusive experiências de edições anteriores dos Jogos, como o de Londres, em 2012.

Segurança na Bahia recebe investimento de mais de R$ 69 milhões

A modernização dos sistemas de segurança em Salvador para a Copa do Mundo 2014 e para os Jogos Olímpicos Rio 2016, com um investimento superior a R$ 69 milhões, são um dos legados dos Grandes Eventos. Os equipamentos permitem a ação das forças de segurança com uma integração maior dos profissionais das forças policiais e armadas - e também dos seus sistemas de tecnologia de informação.
A própria experiência de treinar para atuar em conjunto durante a Copa significou um aumento da eficiência das forças de Segurança e Defesa, que não teriam sido reunidas e capacitadas não fosse pela realização do evento. Só em Salvador foram 41 cursos, com um total de 1.608 horas para 799 profissionais.
Salvador recebeu unidades do comando e delegacia móveis, material antibombas, caminhão antitumulto, armamento e munição menos letal e equipamento de proteção individual (EPI) e balística (EPB). A cidade recebeu também um desencarcerador, que é um equipamento utilizado pelo Corpo de Bombeiros de vários estados. Ele permite a retirada de vítimas presas em ferragens de automóveis ou aeronaves, com um aparelho de corte hidráulico ou motorizado.
Os helicópteros da polícia foram equipados com imageadores, que são câmeras com capacidade para filmar em ambientes de luminosidade normal ou baixa e também com a emissão térmica (em infravermelho). Além disso, os helicópteros foram equipados para transmitir dados e imagens em tempo real para os centros de controle fixos ou móveis.
Salvador recebeu também uma plataforma de observação elevada. Trata-se de um caminhão, no qual policiais podem fazer vídeo-monitoramento a partir de um mastro de 15 metros com câmeras. Um sistema de vídeo analítico irá ajudar a verificar as situações especiais que ocorrem nas imagens, que, assim como as do helicóptero, podem ser transmitidas.
De acordo com o Secretário Extraordinário de Segurança para Grandes Eventos, Andrei Rodrigues, a segurança pública sai fortalecida dos grandes eventos. “O grande legado dessa operação, na minha avaliação, é o imaterial, a integração. É a possibilidade de nós vermos várias instituições, não só de segurança pública, mas de outras áreas também, de Saúde, de Trânsito, de Infraestrutura, trabalhando conjuntamente e de maneira harmônica”, explicou.
Mais informações - Ascom Ministério da Justiça – (61) 2025-2020
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

MINISTÉRIO DA CULTURA

Captação por meio da Lei Rouanet na Bahia (2014) - R$ 18.276.976,02, que significa 1,30% do captado no ano no Brasil.
Em Salvador, o PAC Cidades Históricas, através do IPHAN, aplicará recursos de R$ 142 milhões. Os projetos preveem restaurações e requalificações de 23 monumentos, equipamentos e edifícios históricos.
Mais informações
Ascom Ministério da Cultura – (61) 2024-2401
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

MINISTÉRIO DA DEFESA

O ministério da Defesa também participará da reunião preparatória no Espírito Santo.
Um representante indicado pelo ministério será o elo entre as forças de segurança pública, o Ministério da Justiça, Abin, governo do estado para casos de emergência.
O ministério da Defesa atua como força de contingencia, ou seja, se houver falência das demais estruturas e órgãos de segurança pública com objetivo de proporcionar uma passagem da Tocha Olímpica no Espírito Santo.
O Ministério da Defesa acompanha o planejamento da segurança pública para tomar conhecimento das ações que serão desenvolvidas pelos órgãos de segurança.
Mais informações
Ascom Ministério da Defesa – (61) 3312-4070 / 4071 (Roberto)
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Perfil dos atletas que participarão do encontro em Camaçari:

ROBSON CONCEIÇÃO – BOXE – VICE-CAMPEÃO MUNDIAL EM 2013
Robson Conceição, 26 anos, nasceu em Salvador (BA) e começou a treinar boxe aos 13 anos de idade. Em 2013, foi medalhista de prata no Campeonato Mundial, segundo melhor resultado de um brasileiro em mundiais de boxe. Em 2011, conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-americanos em Guadalajara. O pugilista é uma das apostas brasileiras para medalha nos Jogos Rio 2016. Recebe Bolsa Pódio do Governo Federal.
ALLAN DO CARMO – MARATONA AQUÁTICA – CAMPEÃO DA COPA DO MUNDO 2014 NA PROVA DE 10 km
Allan do Carmo, 26 anos, nasceu em Salvador (BA) e iniciou na natação aos sete anos de idade. Na Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas de 2014, em Hong Kong, sagrou-se campeão mundial na maratona de 10 km, sendo o primeiro brasileiro a conquistar a marca internacional na categoria masculina. No mesmo ano, foi eleito o melhor nadador do mundo na modalidade, junto a sua conterrânea Ana Marcela Cunha. Ele também foi medalha de prata na prova de Equipe Mista de 5 km (prova não-olímpica) no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2015. Tem Bolsa Pódio.
ISAQUIAS QUEIROZ - PRIMEIRO BRASILEIRO CAMPEÃO MUNDIAL DE CANOAGEM VELOCIDADE
Isaquias Queiroz, 21 anos, nasceu em Ubaitaba (BA) e começou a praticar canoagem aos 11 anos no programa Segundo Tempo/Navegar, do Ministério do Esporte. Em 2011, foi campeão mundial júnior na prova C1 200m e vice-campeão no C1 500m. Foi bicampeão mundial adulto em 2013 e 2014, na C1 500m. Também conquistou medalha de bronze no C1 1000m em 2013, sendo a primeira medalha de um brasileiro nessa prova na história do Mundial, e um bronze no C2 200m em 2014. Nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, teve medalha de ouro e outra de prata nas provas C1 e C2 1000m. Também em 2015, tornou-se campeão mundial no C2 1000m, em dupla com Erlon de Souza, e bronze no C1 200m. Ele recebe Bolsa Pódio do Governo Federal.
VALDENICE CONCEIÇÃO – CANOAGEM VELOCIDADE – MEDALHA DE BRONZE NO CAMPEONATO MUNDIAL DE 2014
Valdenice Conceição tem 25 anos e nasceu em Itacaré. Começou aos 14 anos, no núcleo de canoagem na sua cidade, motivada pelo irmão, medalhista pan-americano da modalidade. Primeira atleta brasileira a conquistar medalha para o Brasil na canoa feminina em Jogos Pan-Americanos, em 2015. Terceira colocada no Campeonato Mundial de 2014 na prova C1 200m. Recebe Bolsa Atleta na categoria Internacional.
POPÓ – TETRACAMPEÃO MUNDIAL DE BOXE
Acelino “Popó” Freitas, 39 anos, nasceu em Salvador (BA) e começou a praticar luta aos 14 anos de idade por influência do pai. O pugilista e político brasileiro é tetracampeão mundial profissional em duas categorias de peso diferentes (super-penas e peso leve), tendo sido recordista de nocautes em lutas consecutivas. Também teve 83 vitórias como pugilista amador. Popó também foi medalhista de prata nos Jogos Pan Americanos de Mar del Plata, em 1995. Neste ano ele voltou a lutar, retomando a carreira no boxe.

FEDERAÇÃO BAIANA DE CANOAGEM
A sede da Federação Baiana de Canoagem (FEBAC) fica em Ubaitaba e há três entidades filiadas no Estado: Associação Cacaueira de Canoagem, Associação de Canoagem de Itacaré e Associação Ubatense Evangélica de Canoagem.
Atende cerca de 300 atletas nas três associações, com idade mínima de 11 anos.
Alguns deles estarão presentes ao evento em Camaçari.
Revelou os medalhistas Isaquias Queiroz, Erlon Souza e Valdenice Conceição, entre outros.

 

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados