Mapa turístico 2017
Fisio

Uol noticia mancha no mar de Porto Seguro

Embora, em nota divulgada a imprensa, a prefeitura de Porto Seguro tenha negado que a lama procedente do vazamento da barragem de Mariana/MG teria chegado ao litoral do município, o governo da Bahia admitiu ao Portal Uol, após também negar inicialmente, que foi identificada mancha no mar de Porto Seguro,  assim como em Abrolhos.

 De acordo com matéria publicada no portal, assinada pelo jornalista João Pedro Pitombo, o secretário de Meio Ambiente da Bahia, Eugenio Spengler, após sobrevoar a região, teria afirmado que  foram identificadas manchas no mar em Abrolhos e em Porto Seguro, mas que não soube dizer se as manchas eram oriundas da lama da barragem da mineradora Samarco. No dia anterior, o Ibama e o ICMBio alertaram sobre as manchas no oceano, dizendo que poderiam ser da barragem de Mariana.

O governo baiano negou, por meio de nota divulgada pela sua assessoria de imprensa, a existência das manchas, mas, segundo a matéria publicada no Portal Uol, posteriormente afirmou ter havido um “ruído de comunicação” e que não é possível descartar um possível impacto de detritos da barragem.

À Folha de São Paulo, o secretário Spengler declarou que as manchas foram identificadas em dois pontos diferentes e que possuem características distintas. No caso de Abrolhos, as manchas seriam mais claras, com aspecto amarelado. “O mais provável é que sejam resultantes de sedimentos das fortes chuvas que atingiram o litoral baiano desde o início desta semana”, complementando: “Pelo que ouvimos das pessoas da região, essas manchas são comuns em épocas de chuvas. Mas não podemos descartar nenhuma possibilidade”.

No caso de Porto Seguro, as manchas encontradas eram mais escuras e ficavam cerca de sete milhas náuticas (cerca de 13 km) do litoral.

De acordo com a matéria publicada pelo Portal Uol, o governo baiano, com a ajuda da Marinha, está colhendo amostras de água para submeter a análises, cujo resultado deverá ficar pronto em 12 dias, para só então identificar a origem das manchas no mar.

O secretário de Meio Ambiente enfatizou que, por enquanto, não há motivos para interdição do acesso às praias da região.

Foto: Manu Dias - GOV/BA

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados