Mapa turístico 2017
Fisio

Governo diz que abastecimento de água em Governador Valadares está normalizado

O abastecimento de água no município de Governador Valadares (MG), por distribuição convencional, está normalizando, de acordo com a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional (MI). Segundo o órgão, desde o dia 15/11/15, o tratamento e a distribuição de água para a população começou a ser restabelecido, depois da interrupção feita após a chegada dos rejeitos de mineração lançados no rio Doce com o rompimento de duas barragens em Mariana, no interior de Minas Gerais.

Governador Valadares teve reconhecida a situação de emergência decretada na última semana, o que permite acelerar a ajuda federal. No dia 12/11, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, esteve com a presidenta da República, Dilma Rousseff, na região para avaliar as necessidades da população.

Gilberto Occhi disse que foram solicitadas amostras da água e que não foi registrada contaminação química. "Na sexta-feira, 13/11, nós encaminhamos amostra da água para a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) em Minas Gerais, lá de Governador Valadares. Na noite de sexta a água foi analisada e, na manhã de sábado, estive em Governador Valadares com o governador Pimentel e esta água está apta para ser captada novamente do rio Doce para abastecer", disse.

Laudo da Copasa registra que não há contaminação química, por materiais pesados ou qualquer substância que impeça a utilização da água do rio Doce para o consumo humano.

O ministro lembrou ainda que o trabalho inicial é para garantir o abastecimento de água. "Nosso trabalho, neste momento, é emergencial, para garantir o abastecimento de água. As cidades estão sendo abastecidas hoje ou por carros-pipa ou por fontes alternativas. A situação mais grave era de Governador Valadares e, nesse sentido, nós melhoramos o cenário no fim de semana" declarou.

Segundo o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Adriano Pereira, a medida pode se estender às demais cidades que fazem captação de água no rio Doce.

“Os resultados das análises, tanto de água bruta como de água tratada, atestam uma grande redução no nível de turbidez da água e a não contaminação por materiais tóxicos, confirmando a potabilidade do rio Doce. Isso nos permite anteceder que o restabelecimento dos serviços de água e esgoto nas demais cidades poderá ocorrer ainda no dia de hoje”, disse o secretário.

O monitoramento da qualidade da água continua sendo realizado a cada 12 horas pela Copasa para dar total segurança à população.

Fonte: Portal Brasil

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados