Mapa turístico 2017
Fisio

Defesa de prefeitos acusados quer recuperar mandatos

A defesa dos prefeitos Cláudia Oliveira, de Porto Seguro, e Robério Oliveira, de Eunápolis, disse que vai entrar com recurso no dia 08/11/17 no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, para recuperar os mandatos dos seus clientes.
Cláudia e Robério foram afastados dos cargos por tempo indeterminado, após acusação de fraudes em licitações públicas, investigadas pela Operação Fraternos, da Polícia Federal, deflagrada em 07/11/17. O afastamento foi a pedido do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) e também envolve o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos. De acordo com as investigações as fraudes chegam ao valor de R$ 200 milhões e acontecem desde 2009.


O advogado Maurício Vasconcelos, do casal Cláudia e Robério, assinalou que a eleição dos prefeitos foi “pelo voto popular em eleições limpas”. E considerou que os mandatos deles foram “arrancados de forma desfundamentada e sem nenhuma razoabilidade”. Segundo o advogado, ele não teve acesso aos autos da investigação policial.
Oitivas
Cláudia e Robério se apresentaram em 08/11/17, um dia após deflagrada a operação da PF, em que foram convocados a depor. Eles foram interrogados e, de acordo com a defesa, negaram participação nas fraudes e ligação com os donos das empresas acusadas; afirmaram que as licitações só eram autorizadas após aval da controladoria e da procuradoria jurídica municipais.
Ao todo, a Justiça Federal expediu 21 mandados de prisão temporária (de até cinco dias), 18 de condução coercitiva e 42 de busca e apreensão.


Foto 1: Lay Amorim - Brumado Notícias

 

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados