Mapa turístico 2017
Fisio

Secretaria de Saúde anuncia medidas contra febre amarela

A Secretaria de Saúde de Porto Seguro afirma que até o momento nenhum caso suspeito de febre amarela foi registrado no município. A assessoria do órgão ressalta que as equipes locais estão em estado de alerta e “totalmente empenhadas em proteger nosso município de eventuais riscos de contaminação”, diz, acrescentando: “Devido ao fluxo migratório de pessoas vindas de áreas endêmicas nessa época do ano, inclusive de Minas Gerais, nós e outros municípios do Extremo Sul solicitamos do Governo do Estado e fomos atendidos no envio de um maior número de doses da vacina para atender os turistas e a população da cidade”.

A Secretaria de Saúde destaca que está trabalhando conjuntamente com o Governo da Bahia no sentido de se criar um cinturão vacinal, protegendo as pessoas da doença. “Nossa recomendação é que seja mantido atualizado o calendário de vacinação. Quem ainda não recebeu as doses recomendadas (sendo a primeira aos noves meses de idade e o reforço aos quatro anos), ou as pessoas que irão viajar para áreas de risco, devem procurar as unidades de saúde do município, munidas do cartão de vacinação, onde receberão a vacina e todas as orientações necessárias”, alerta.

20 mil doses de vacina

A secretaria divulgou também nota assegurando que a cidade não está incluída nas áreas de risco de contaminação pela febre amarela. “Estamos todos em alerta diante da ocorrência de alguns casos de contaminação no país, mas a doença, que é de origem silvestre, não atinge nossa região”, afirma a secretária de Saúde, Edna Alves. De acordo com Edna, “a Secretaria possui mais de 20 mil doses da vacina à disposição da população em todas as unidades de saúde”.

Orientações sobre a vacinação:

Todas as pessoas com mais de cinco anos que já receberam duas doses não precisam se vacinar; quem recebeu uma única dose deve tomar o reforço, mesmo que seja adulto; quem nunca foi vacinado deve tomar a primeira dose e o reforço, 10 dias depois, sendo que a vacina é contraindicada para gestantes e lactantes; os idosos devem se submeter a avaliação médica antes de se vacinar. Para as viagens internacionais, a recomendação é seguir as orientações do Regulamento Sanitário Internacional. Para as áreas no Brasil onde é recomendada a vacinação, a primeira dose deve ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem.


Fonte: Secretaria Municipal de Saúde - Prefeitura de Porto Seguro

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados