Mapa turístico 2017
Fisio

Temporada de muitos turistas e pouco dinheiro

 

 

 

Sempre aguardada ansiosamente por empresários e trabalhadores, regulamentados ou informais, a alta temporada esse ano em Porto Seguro foi comemorada por alguns, mas recebeu também críticas daqueles que lamentam a queda nas vendas e a baixa ocupação em seus estabelecimentos. Dependendo do setor, a avaliação foi de ótimo a ruim.
O diretor da Associação Comercial de Porto Seguro, Geovson Magno, considera que, com o cenário de recessão econômica nacional, os empresários do trade local não poderiam alimentar grandes expectativas para esta temporada. “Quanto ao número de turistas, estimamos que o movimento foi de razoável para bom, mas em relação ao seu poder de compra foi muito baixo”, avalia.
Segundo ele, comparando com a temporada de 2016, a queda foi de 10% a 12% em termos quantitativos e de 30% a 35% em termos qualitativos, “o que para o setor é preocupante”. Geovson destaca que as empresas desenvolveram uma estratégia para driblar os efeitos da recessão. “A crise no país afeta todo o turismo, mas o trade se preparou, a hotelaria baixou os preços e conseguiu recuperar um pouco a taxa de ocupação”, afirma, salientando que como o ano de 2017 terá mais feriados prolongados do que em 2016, deverá acontecer um maior fluxo de turistas nesses períodos.
Para Juarez Ataídes, gerente de uma loja de materiais esportivos, a temporada foi ruim. “Trabalhamos com um público formado por moradores e turistas e tivemos uma baixa de 20% a 30% nas vendas em relação ao ano passado”, observa. Para ele, a Prefeitura poderia realizar mais eventos para atrair o público. Proprietário de um restaurante de comida a quilo, Paulo Sandre também considera que o Verão foi fraco.
“Deu muita gente, mas foi muito em quantidade e pouco em qualidade. No final de fevereiro, o movimento para o meu estabelecimento caiu cerca de 30%. Está igual ao da baixa temporada”, lamenta. Ele espera uma melhora, embora não muito significativa, tendo em vista a economia nacional. “Essa realidade não é só em Porto Seguro, mas em todo o país, que passa por uma transformação. Por isso, temos que ter os pés no chão”.
Empresário hoteleiro e secretário do Sindhesul (Sindicato dos Hotéis, Bares e restaurantes do Extremo Sul), Júlio Varnier vê com pessimismo o Verão deste ano. “O Verão passado foi bom em termos de faturamento. Se o deste ano tivesse sido igual, seria excelente. Tivemos muitos hotéis vazios na Orla e no Centro no último Réveillon”.
Ele critica o excesso de ofertas por parte de condomínios, “que não geram empregos nem pagam impostos e acabam forçando os empresários do ramo a baixar o preço das diárias”. Para ele, as festas promovidas pela Prefeitura continuam sem dar resultado, porque são divulgadas com pouca antecedência. ‘O Réveillon foi anunciado faltando apenas dois dias. Como é que as pessoas vão se programar para comprar a passagem e vir para Porto Seguro assim?”
Dono de uma locadora de veículos, André “Axé” não tem do que reclamar. “A temporada continua atendendo as nossas expectativas. O movimento está ótimo! As pessoas nos procuram e estão locando os nossos veículos. Temos reservas até abril”, comemora, enfatizando que o importante é pensar positivo, arregaçar as mangas e ir à luta.
“Não penso em crise. Vamos para a rua divulgar os nossos produtos e serviços, sempre oferecendo qualidade Visamos sempre conquistar o cliente e estamos colhendo os frutos, já que trabalhamos com 70% dos nossos clientes fidelizados”.
O presidente da ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis) da Costa do Descobrimento, Wilson Spagnol, compartilha dessa visão. “A temporada está boa, com uma boa movimentação e muitos passageiros chegando por via aérea. O destino está com excelente ocupação, até março”, destaca.
Ele avalia que o Verão deste ano está sendo semelhante ao do ano passado, embora a lucratividade varie de acordo com o porte do empreendimento hoteleiro. “Porto Seguro sofreu menos os impactos da crise do que outros destinos, já que é privilegiada tanto em qualidade, quanto em localização em relação aos principais destinos emissores”.

 

 

 

 

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Site desenvolvido em Software Livre
Jornal do Sol | Todos os Direitos Reservados