Parceria visa ampliar oferta de crédito aos microempreendedores baianos

O Governo do Estado concretizou cooperação técnica, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e da Agência de Fomento do Estado da Bahia S/A (Desenbahia), com a União dos Prefeitos da Bahia (UPB) para levar linha de crédito aos microempreendedores baianos.

O programa de microcrédito empresta dinheiro para todas as modalidades de crédito como investimento fixo, capital de giro e misto, com juros de 2% ao mês. O prazo de pagamento é de até 24 meses, com direito a até seis meses de carência. Este ano, o valor do investimento da linha de crédito contou com um aporte extra de R$ 50 milhões, por meio do programa Estado Solidário, totalizando R$ 100 milhões disponíveis para empréstimo aos micro e pequenos empreendedores.

A partir da assinatura do termo, realizada na sede da UPB, a expectativa é de que a Desenbahia consiga instalar postos de atendimento em todos os 417 municípios. Atualmente, são 183 postos em funcionamento, nos quais é possível aos microempreendedores acessarem o CrediBahia, linha de crédito que varia de R$ 500 a R$ 21 mil.

De acordo com a Setre, a iniciativa pretende financiar e capacitar gerencialmente os empreendedores de micro e pequenos negócios informais ou formais (CNPJ/MEI) das atividades de produção, comércio e de serviços. “A expectativa é de que a partir da relação com as prefeituras, a gente consiga ampliar a disponibilização da linha de crédito aos microempreendedores. A universalização de uma política pública como essa a partir de uma parceria forte entre os envolvidos”, diz o chefe de gabinete da Setre, Juremar de Oliveira.

O presidente da Desenbahia, Francisco Miranda, explica que, para acessar a linha de crédito, é necessário ter mais de 18 anos, atuar há mais de seis meses no seu ramo e não pode faturar mais de R$ 300 mil por ano. “Para 2021, o Governo do Estado destinou R$ 100 milhões para financiar os pequenos produtores nos diversos municípios. A intenção é que os municípios tenham acesso ao financiamento produtivo porque isso muda a vida dos microempreendedores. Esperamos alcançar 250 mil microempreendedores neste ano”.

Simule seu pedido de financiamento no site do Desenbahia.

Novos secretários

O Governo da Bahia promoveu três mudanças no secretariado. O ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano assume a Secretaria de Relações Institucionais (Serin) no lugar de Jonival Lucas. A Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) passará a ser comandada por João Carlos Oliveira, que até então estava na Secretaria do Meio Ambiente (Sema). Já na Secretaria do Turismo (Setur) quem assume no lugar de Fausto Franco será Maurício Bacelar, que estava na Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). Segundo o governador, outras alterações devem ocorrer nos próximos dias.

Câmeras de monitoramento

O Governo da Bahia pretende instalar câmeras com reconhecimento facial em todo o estado, incluindo veículos de transporte rodoviário. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa durante o Papo-Correria de 18/05/21. “Estamos concluindo o processo licitatório e devemos assinar o contrato já no início de junho para iniciarmos a implantação. Inicialmente, 70 cidades irão receber o monitoramento de câmeras. Elas serão escolhidas levando em conta o mapa da violência”, explicou.

 

Educação

O governador também anunciou que as inscrições para o programa ‘Educar para Trabalhar’, que deveriam ser feitas até quarta, 19/05/21, foram prorrogadas para 31 de maio. Ao todo, são 44 cursos de Qualificação Profissional ou de Formação Inicial e Continuada (FIC), na modalidade de ensino não presencial de Educação à Distância (EAD). As aulas serão iniciadas no dia 14 de junho. São 200 mil vagas distribuídas em 11 Eixos Tecnológicos, em um total de 3.567 turmas. As inscrições podem ser feitas aqui.


Fonte: Secretaria de Comunicação Social do Governo da Bahia - Foto: Carol Garcia - Gov/BA

MATÉRIAS RELACIONADAS

Naturalle inaugura centro de tratamento de resíduos em Cabrália

Produção de cana-de-açúcar aumenta 15% na Bahia

Governo da Bahia prorroga toque de recolher em todo o Estado

Em tempos de pandemia, inovar é preciso

Atendimento no SAC é realizado apenas com agendamento digital

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar