A elegância da alma

PUBLICADO NA EDIÇÃO 415 DO JORNAL DO SOL

E mais um ano chega ao fim! Admito que 2019 foi bastante intenso. Pelo menos pra mim. Um ano de escolhas, novos começos, alguns tropeços, mas acima de tudo muita esperança em dias melhores. Acho que no fim das contas é o que todos nós buscamos. Então, proponho uma reflexão. Nessa coluna, que normalmente traz dicas de Imagem e Estilo, vou abordar um assunto dos mais complexos: a elegância de alma.

Digo complexo porque se trata de um quesito que não pode ser monetarizado e exposto numa vitrine para ser comprado. A pessoa tem ou não tem. Vem de dentro, de como enxerga a vida, as pessoas e como trata aqueles que não podem lhes trazer benefício algum. O bem pelo bem. A pessoa é verdadeiramente elegante quando enxerga além da aparência. Quando se sensibiliza com a dor do outro, quando não mensura o sofrimento alheio e nem mede esforços para aplacá-lo.

A pessoa é verdadeiramente elegante quando não humilha o próximo, ou usa do dinheiro e poder que julga ter para isso. A pessoa é verdadeiramente elegante quando faz por alguém sem esperar nada em troca, sem precisar mostrar ao mundo a caridade oferecida. A pessoa é verdadeiramente elegante quando honra seus compromissos, é grato com quem o ajuda e correto em seus negócios.

O verdadeiramente elegante reconhece o talento do outro, elogia mais que critica, enaltece as qualidades, escuta mais que fala. E quando fala, se nega a dar voz a fofocas e maledicências. A pessoa verdadeiramente elegante é sincera sem agressividade, cordial sem falsidade e retribui à altura carinho e solidariedade. Demonstra interesse para assuntos que desconhece e reconhece sua ignorância. Quando detém o conhecimento sobre alguma coisa, mantém a humildade necessária para dialogar sobre.

Enfim, ser elegante vai muito além de saber usar os talheres ou dominar regras de etiquetas. É tentar todos os dias ser uma pessoa melhor, mais solidária e menos egocêntrica. Pratiquemos o bem a todo momento. Pratiquemos o bem mesmo que ninguém esteja olhando. E assim, quem sabe, consigamos viver em um mundo mais elegante em sua essência.

Aproveitando a oportunidade e reflexão de fim de ano, gostaria de deixar registrada minha gratidão pela oportunidade que me foi dada pelo Jornal do Sol. É uma honra figurar entre os colunistas desse veículo que há 28 anos noticia de forma responsável e elegante tudo o que há de mais importante e relevante em Porto Seguro e região. Parabéns Jornal do Sol! Vida longa! E a todos os leitores. Um 2020 de realizações, saúde e elegância de alma!  


Mariana Guerra é mineira que mora na Bahia e consultora de imagem

© 2020 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade