Prefeitura faz avaliação positiva do Carnaval Porto Seguro 2020

A Prefeitura de Porto Seguro avaliou como positiva a realização do Carnaval 2020. De acordo com informações à imprensa, em atrações e número de blocos, a festa alcançou números inéditos, com “mais de cem mil pessoas no circuito por noite, suplantando índices de anos anteriores, previsão que se confirmou desde a primeira noite até a última”. Segundo a PMPS houve “aumento da circulação de dinheiro, gerando renda em favor de bares, restaurantes, hotéis, transporte, barraqueiros e ambulantes, entre outros segmentos”.

A prefeita, Cláudia Oliveira, destaca que a gestão entende que, a cada ano, a expansão do Carnaval aberto é um fenômeno gigantesco no município, levando os blocos a conquistarem as ruas e os trios com grandes nomes da música brasileira envolvendo a população e atraindo mais visitantes. “No entanto, outra face da festa tem se mostrado e nos feito aprimorar, ano a ano, para atender a demanda com excelência”, frisa, citando melhorias na estrutura, ampliação do número de banheiros químicos, reordenamento do trânsito, intensificação da segurança, modernização da sonorização e organização geral do evento com mais fervor ainda em 2020.

De acordo com a gestora, a segurança trouxe mais tecnologia, por meio da parceria do Governo do Estado, trazendo 45 câmeras de monitoramento ao longo do percurso do circuito, pontos estratégicos da cidade e em Arraial, além da intensificação da força de trabalho militar nesses dias, bem como, planejamento e organização da festa com bastante tempo de antecedência.

Segurança reforçada

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia foi outro importante parceiro, atuando através do 6° Grupamento de Bombeiros Militar, com serviço de orientação, prevenção e auxílio, nas áreas de primeiros socorros, combate a incêndio e pânico, busca e salvamento, visando minimizar a probabilidade de ocorrências consumadas.

“Do primeiro dia do Carnaval até esta última noite são mais de 80 atendimentos realizados, entre ações de prevenção e orientação, atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio, salvamento aquático, distribuição de pulseiras de identificação para crianças”, citou o Cap BM Erick Ferreira, subcomandante do 6°GBM, acrescentando que diariamente foram mais de 30 bombeiros militares trabalhando em grupos a pé e em viaturas, além das atividades rotineiras realizadas na sede do grupamento, com o especial enfoque em manter a cobertura em toda a cidade e Costa do Descobrimento.

Monitoramento

O Centro Integrado de Comunicações (Cicom) esteve no circuito “em trabalho colaborativo com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, fornecendo recurso em tecnologia”, destaca o tenente do Cicom, Jovita, explicando o serviço de drone com transmissão ao vivo para Salvador mostrando tudo o que aconteceu na área, bem como, a instalação de 45 câmeras de monitoramento ao longo do circuito, imediações da festa e em Arraial d’Ajuda.

Também houve instalação de pontos elevados de observação ao longo do circuito, patrulhas a pé pela área e uma nova medida da PM, que foram os soldados à paisana em serviço de vigilância pelo circuito, instalação de canhão de luz operando de cima dos trios elétricos e a presença de militares nos trios. Além disso, o trabalho militar esteve atuante em alguns eixos em pontos específicos da cidade, com permanência de viaturas em locais próximos a pontos de ônibus; outra atividade foram bloqueios próximos ao Terminal Rodoviário e na Orla Norte, além do policiamento que seguiu por Arraial d’Ajuda, Trancoso e Caraíva.

O Ten. Cel. PM, Anacleto França, informou que os índices de ocorrências foram mínimos, apenas situações corriqueiras, o que ele credita ser “fruto de um trabalho de prevenção coibindo a violência e o horário mais cedo dos shows, contribuindo com a tranquilidade durante os dias de Carnaval”, concluiu o Comte do 8º Batalhão de Polícia Militar de Porto Seguro, citando que continuarão este trabalho no dia 29, no Carnaval do Complexo Frei Calixto. 


Fonte: PMPS

© 2020 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade