Bahia é terceiro principal destino do turismo doméstico no Brasil

 

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), do IBGE, divulgou dia 12/08/20 os resultados da pesquisa 2019 para o turismo dos baianos. É um levantamento inédito, realizado em convênio com o Ministério do Turismo, que quantifica os fluxos de viagens nacionais entre as diferentes regiões do país e para o exterior, mostrando também características dessas viagens, como motivação, meios de locomoção e de hospedagem, entre outros. A Bahia é o terceiro principal destino do turismo doméstico no Brasil.

Em 2019, foram realizadas 1,788 milhão de viagens domésticas para o estado, o que representou 8,7% de todas as 20,617 milhões de viagens ocorridas dentro do país. A Bahia só ficou atrás de São Paulo e Minas Gerais. E teve ainda o segundo maior saldo positivo como destino de viagens domésticas, em 2019, com mais 190 mil viagens chegando do que saindo do estado. Ficou abaixo apenas de Santa Catarina (mais 235 mil viagens chegando do que partindo).

Visitar parentes ou amigos é principal motivo para viajar, mas baianos viajam mais para tratamento de saúde (29,1% das viagens pessoais) do que por lazer (23,7%). Em viagens de lazer, os baianos buscam mais cultura (43,8%), enquanto brasileiros em geral buscam mais sol e praia (34,3%).

A Bahia é o estado com maior percentual de viagens de ônibus (32,3%); em mais da metade (53,1%) das viagens, hospedagem é em casa de amigo ou parente. Em quase 8 de cada 10 domicílios baianos (77,3%), ninguém viajou em 2019; falta de dinheiro e de necessidade são principais justificativas para “ficar em casa”.

O levantamento foi realizado no terceiro trimestre de 2019 pelo IBGE e teve como objetivo quantificar e caracterizar os fluxos de turistas nacionais entre as diferentes regiões do país e para o exterior.


Fonte: IBGE

© 2021 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade