Onyx: Coringa e ponte no Governo

Aliado há anos por ideologia, o primeiro no Congresso Nacional a abraçar a incentivar a candidatura presidencial de Jair Bolsonaro, Onyx Lorenzoni terá sempre um prêmio de confiança neste Governo. O novo cargo de ministro é a prova. Onyx é a porta para reentrada do PTB no Ministério do Trabalho. O partido controlado por Roberto Jefferson, que quase levou o comando da pasta no Governo Temer, já tem nome.

 

Garimpando

Bolsonaro pode surpreender e se filiar ao Aliança 28 (ex-PRTB) ou ao Brasil 35 (ex-Partido da Mulher Brasileira) – que já teve um deputado como único parlamentar.

 

Representante

O Governo perdeu boa oportunidade de ser representado nos Jogos de Tóquio: o vice-presidente General Mourão. Boa parte dos atletas é forjada em bases militares.

 

Boa notícia

Uma notícia boa para DF e Entorno. Mais uma Universidade pública. O governador Ibaneis Rocha sancionou a lei que cria a UnDF, com investimento inicial de R$ 200 milhões e criação de mais de 3 mil empregos da área educacional.

 

A ‘Judicialização’

O Congresso não ajuda, o presidente titubeia sobre veto, e não podem reclamar depois da ‘judicialização’ da política. Coube ontem à ministra Rosa Weber, do STF, enquadrar o Legislativo sobre a tentativa de tunga de R$ 6 bilhões do fundo eleitoral.

Expliquem essa

Ela concedeu 10 dias para o Congresso Nacional se manifestar numa resposta plausível. Antes que o STF desça o malhete na cambada e encerre a farra.

 

Sem verticalização

Bolsonaro terá dificuldades regionais dentro do Progressistas (ex-PP) se quiser voltar ao partido. Em Tocantins, quem preside a legenda é a senadora Kátia Abreu, dilmista de carteirinha e crítica do presidente. Em Pernambuco, o deputado Eduardo da Fonte, outro crítico. No Piauí do novo chefe da Casa Civil, a deputada Margarete Coelho, que manda na legenda, tem cargos no Governo do petista Wellington Dias.

 

Sumiu do mapa

Da turma que recorreu à “falsa” vacina numa garagem de ônibus em Belo Horizonte, ninguém sofreu com o Covid-19. E não mais se ouviu falar da sumida enfermeira e do inquérito na Polícia Federal.

 

Hein!?

No Dia do Agricultor, comemorado ontem, o Governo publicou no seu portal de internet uma foto da silhueta de um homem, no mato, segurando uma espingarda, para surpresa de quem viu.

Deu ruim

A Secom depois apagou, mas não escapou do sarcasmo do jornalista Maurício Menezes, famoso criador do Plantão de Notícias e showman de erros da imprensa: “No dia do Caçador, vão publicar um soldado com uma enxada”.

 

Sobe e desce

O consumo das classes C e D no Brasil recuou 5% em junho, depois de ter subido 8% em maio. Os dados são da Pesquisa de Hábitos de Consumo da Superdigital, fintech do Grupo Santander, realizada mensalmente.

 

ESPLANADEIRA

# Instituto Cactus lança livro "Caminhos em Saúde Mental". # INEL cria Diretoria do Centro-Oeste para intensificar ações na região. # Escritora Thais de Mendonça lança obra “A vida em primeira pessoa". # Strategy& abre inscrições para Programa Estagiários & Associates 2021. # Festival Imersivo das Favelas (FIF) acontece online nos dias 27, 28 e 29 de agosto.

Esplanadeira é a seção da Coluna para divulgação de informações de mercado, artes, ação social, esportes e afins, sem qualquer vinculação publicitária ou financeira com este espaço. Sugestões para reportagem@colunaesplanada.com.br


Brasília, quinta-feira, 29 de julho de 2021 - nº 3144

Leandro Mazzini, com Walmor Parente (Brasília/DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE) - ©® 2011 – 2021. Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados

Foto: Foto: Wilson Dias / Agência Brasil

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Disputa judicial Mariana x BHP (Samarco) ainda não acabou

Termômetro da reforma tributária

Limpando o nome do senador na praça

Café gelado com seca e geadas

Ciro Nogueira tem a força

Disputa judicial Mariana x BHP (Samarco) ainda não acabou

Ganhou uma inédita sobrevida no Judiciário da Grã-Bretanha o processo em que a poderosa mineradora britânica BHP - que controla a Samarco no Brasil – é processada por vítimas e parentes de mortos do crime ambiental em Mariana (MG), atingidas pela lama da barragem rompida da mineradora em 2015. A ação contra a mineradora havia sido rejeitada no ano passado em decisão monocrática, mas, em uma sentença publicada ontem, a Corte de Apelação acolheu pedido da defesa das vítimas e vai analisar o caso. A BHP é processada para pagar £5 bilhões (mais de R$ 30 bilhões) em indenizações por danos causados a 200.000 indivíduos, 25 administrações municipais, 530 empresas, uma arquidiocese católica e membros da comunidade indígena Krenak. A assessoria da Samarco informou que a empresa não vai comentar.

19 mortos

Na época do rompimento da Barragem de Fundão, uma onda de lodo tóxico destruiu comunidades, devastou o Rio Doce no trecho de Minas até a foz no mar do ES.

Compensação

A defesa da BHP alega que há ações em curso na Justiça do Brasil, em diferentes comarcas, individuais e coletivas, inclusive acordo já fechado com o Ministério Público que criou um fundo financeiro para compensação e indenizações.

Mas...

... As vítimas, no entanto, têm alegado pouco ou nenhum avanço neste sentido.

Juridiquês

Em nota, a BHP informa que: “está ciente da decisão” mas que esta não reverte o julgamento que, segundo a mineradora, extinguiu a ação.

 

Faltou...

Uma live organizada por um grande jornal no dia 14 foi palco de debate sobre fraudes no setor de óleo e gás. Havia representantes do Governo, presidentes de grandes empresas, advogados de bancas famosas e até pesquisadora. O cenário seria perfeito se não fosse por um detalhe: deixaram de avançar nas discussões sobre uma fraude gigantesca, praticada às claras e que foi objeto de reportagem do jornal O Dia no Rio.

... o principal

Grandes distribuidoras forjam remessas de combustíveis para postos em Minas Gerais e Espírito Santo (Estados onde a alíquota do ICMS é mais baixa), mas os produtos são vendidos, de fato, no Rio de Janeiro, causando prejuízo milionário aos cofres do Estado.

 

Mistérios

Sobre o caso da agressão à deputada Joice Hasselmann, é curioso ver a inépcia da Polícia Civil que não tomou iniciativa de abrir inquérito sem precisar ser provocada. Curioso também que a deputada só tenha procurada a polícia dias depois.

 

Virou moda

O comando da PM de São Paulo foi oficiado em carta por Carlos Alberto Maciel, presidente da Sociedade Veteranos de 32, que há movimentos – pelo menos nas redes sociais – de ‘terroristas’ que pretendem incendiar o Monumento ao Soldado Constitucionalista. A entidade pediu atenção redobrada, em prol da Memória histórica.

 

Tô aqui não

O novo ministro do Meio Ambiente, cria do demitido Ricardo Salles, é tão afinado com os madeireiros e ruralistas quanto o antecessor. E pior. Não quer papo com imprensa.

 

MERCADO

Tchau, Piri

O embaixador Sérgio Amaral vendeu sua casa colonial em Pirenópolis. Tem valor histórico cultural e político: já recebeu para hospedagem o então presidente FHC.

Atenção

Não se enganem os brasileiros pequenos e médios investidores sobre a alta dos preços no mercado para bens móveis e imóveis. o que se diz na praça ser valorização na pandemia é, na verdade, inflação. basta dar um pulo no supermercado.

 

ESPLANADEIRA

# Escritor Emanuel Lima procura patrocínio para obra "O Patriarca" - romance histórico sobre vida de José Bonifácio. (61) 3336-1863. # Mark Galli analisa crise atual da igreja evangélica no livro "Quando foi que começamos a nos esquecer de Deus?". # Edição 2021 do BNDES Garagem - Negócios de Impacto termina esta sexta, 30. # Festival Imersivo das Favelas (FIF) acontece online até amanhã.

Esplanadeira é a seção da Coluna para divulgação de informações de mercado, artes, ação social, esportes e afins, sem qualquer vinculação publicitária ou financeira com este espaço. Sugestões para reportagem@colunaesplanada.com.br


Brasília, quarta-feira, 28 de julho de 2021 - nº 3143

Leandro Mazzini, com Walmor Parente (Brasília/DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE) - ©® 2011 – 2021. Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados

Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Termômetro da reforma tributária

Limpando o nome do senador na praça

Café gelado com seca e geadas

Ciro Nogueira tem a força

Nem tanto... aponta pesquisa exclusiva

Limpando o nome do senador na praça

Há um esforço conjunto de ministros palacianos - a pedido do presidente Jair Bolsonaro - e da defesa de Ciro Nogueira (PI) para limpar o nome do senador na praça. Advogado criminalista do futuro chefe da Casa Civil, citado em delação na Operação Lava Jato, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, tem se desdobrado há dias em ligações e em mensagens pelo whatsapp para avisar que até hoje não teve acesso à delação de Leo Pinheiro (OAS) e que não há nada de substancial contra o parlamentar.

Esforço

Uma situação curiosa. É que Kakay tem sido o profissional que o senador espera, diante da posição ideológica ferrenha do advogado contra Bolsonaro nas ruas e redes sociais.

 

Fogo (ou água)...

Com inclinações políticas mais à esquerda, o presidente da FIBRA, Jamal Bittar, é tido como “petista” dentro da CNI. Em recente debate entre os presidentes das federações estaduais, arremessou uma garrafa de água em direção ao todo-poderoso presidente da FIESP, Paulo Skaf, por divergências de opinião política.

... no parquinho do PIB

Skaf conseguiu escapar do ímpeto do industrial brasiliense, mas um outro colega acabou atingido pelo petardo. Bittar pediu desculpas e deixou claro que o alvo era o paulista, mesmo. A pontaria é que vai mal.

 

Novos colonizadores

Sem uma questão em pauta na ONU, tampouco um órgão regulador internacional (por ora), e com o céu livre para qualquer um nessa corrida espacial em tempos modernos, vale a pergunta: se Elon Musk, ou Jeff Bezzos (Amazon) ou Richard Brenson (Virgin Galactic) chegar primeiro a Marte, ou fizer uma base na Lua, pode chamar o planeta de seu e colonizá-lo como dono?

 

Subiu e sumiu

No Brasil, estamos séculos atrasados na tecnologia aeroespacial. Após o triste acidente na Base de Alcântara nos anos 2000, o Governo Dilma Rousseff perdeu em 2013 US$ 70 milhões (R$ 360 milhões) de satélite sino-brasileiro (CBERS-3) que se desintegrou no espaço, uma hora após o lançamento.

Aliás...

... Não foi incluso no prejuízo a conta da viagem do ministro da Ciência e Tecnologia, Paulo Bernardo, e da claque brasileira que segurou as palmas em território chinês.

 

OAB & política

No Paraná, está rachado o tradicional Grupo XI de Agosto, da turma que sempre disputa (e ganha) as eleições para a seccional da OAB. O candidato natural até o momento é Rodrigo Rios, advogado com larga experiência em Curitiba, conhecido ultimamente como o advogado do ex-juiz Sergio Moro.

Apostas

Tanto quanto o Rio, Pereira é do mesmo grupo "XI de Agosto" há muitos anos. Os dois nomes, entre outros, estão submetidos a uma sondagem interna. Quem vencer, há um compromisso público, terá o apoio de todos. Pereira advogou pontualmente para Lula em 2018. Antes disso, atuou para Michel Temer. Sempre na condição de advogado eleitoral.

 

Descanso pós-Jogos

A Nuhatê Casa Hotel, em Caraíva (BA), paraíso no litoral baiano, vai oferecer diárias de cortesia para os brasileiros medalhistas de Ouro nos Jogos de Tóquio.

 

ESPLANADEIRA

# Cantora Dani Coimbra apresenta na sexta (30) show 'Indomável' no Flashback Rio. # Lide Futuro Bahia recebe empresários Rogério Vargas e Julian Tonioli, sócios da Auddas, na sexta e sábado. # Movimento Vem Falar de Vida lança campanha #AmorATodaProva para conscientizar sobre câncer de mama. # Mercado Livre comemora Aniversário da seção de Supermercado com até 60% OFF e cupons de descontos. # Horizons abre mais de 20 vagas em variados cargos nas cidades de Maringá, Ponta Grossa e Curitiba.

Esplanadeira é a seção da Coluna para divulgação de informações de mercado, artes, ação social, esportes e afins, sem qualquer vinculação publicitária ou financeira com este espaço. Sugestões para reportagem@colunaesplanada.com.br


Brasília, segunda-feira, 26 de julho de 2021 - nº 3141

Leandro Mazzini, com Walmor Parente (Brasília/DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE) - ©® 2011 – 2021. Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados

Foto: Reprodução Instagram

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Café gelado com seca e geadas

Ciro Nogueira tem a força

Nem tanto... aponta pesquisa exclusiva

Claquete: roda o filme!

Evangélico sim, terrivelmente não

Termômetro da reforma tributária

Um almoço restrito a poucos convidados na quinta-feira em São Paulo, mas com gente de peso no cenário político e do PIB, mostra um indicativo do que esperar da Reforma Tributária no Congresso Nacional. O presidente da Associação Comercial de São Paulo, Alfredo Cotait Neto, recebeu na sede políticos e empresários, entre eles o ex-presidente Michel Temer, o presidente do PSD, Gilberto Kassab; Johnny Saad, dono da Band TV; Mansueto Almeida, do BTG Pactual e ex-Governo Bolsonaro; entre outros industriais e banqueiros. No cardápio, entre uma e outra garfada, o debate sobre o salgado desencontro de projetos em Brasília que pode frear mais uma tentativa de reforma. Houve unanimidade de que, do jeito que está, a tributária não passará.

 

Peso do voto

Só para um exemplo do peso político, Temer e Kassab controlam duas das maiores bancadas do Congresso Nacional.

Dois lados

As propostas que mais incomodam são as que tratam de IR e a que da unificação do PIS/Cofins. Para eles, a reforma do ministro Paulo Guedes onera patrão e empregado.

 

Ey, Ey, Ey... vem cá

O democrata cristão Eymael, dono do PSDC, visitou há dias o presidente Jair Bolsonaro no Palácio. Estão aliados, sempre. E o convidou a pensar uma filiação ao partido.

 

Sabe muito

Pedro Cesar Sousa, o subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, é um dos homens mais importantes do País hoje. Bolsonaro o convoca para despacho quase todos os dias no gabinete presidencial.

 

Plantando

Ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas, Adalclever Lopes planeja uma forte agenda no interior para o prefeito de BH, Alexandre Kalil. A meta é fazê-lo mais conhecido frente ao holofote natural  do governador Romeu Zema, ajudado pelo cargo. Kalil é apontado como candidato ao Governo ano que vem ou em 2026.

 

Nada sobre eleição

Jair Bolsonaro voltou a despachar com o vice Hamilton Mourão, há uns dois meses, mas com agenda bem tímida. Ambos protocolares, e com risadas discretas. E só.

 

Mão forte

Por falar em Minas, o presidente estadual do PSD, Alexandre Silveira, emplacou o novo presidente da CEASA. E articula uma vaga para o senador Antonio Anastasia no Tribunal de Contas da União. Silveira é suplente de Anastasia.

 

OAB no Paraná

O advogado Luiz Fernando Pereira, citado aqui ontem, é do mesmo grupo "XI de Agosto", que disputa há muitos anos indicações para presidência da seccional do Paraná da OAB. Ele, Rodrigo Rios (advogado de Sérgio Moro) e outros nomes estão numa lista em consulta ao grupo para saber quem será o candidato na disputa da Ordem.

Eleitoral

Pereira advogou pontualmente para Lula em 2018. Antes disso, atuou para Michel Temer. Sempre na condição de advogado eleitoral.

 

SOS Ciência

Entidades pedem urgência na liberação adicional da cota de importação de insumos para projetos científicos e tecnológicos. Sob a direção do CNPq, a cota de importação isenta de tributos para pesquisa caiu de US$ 300 milhões (média histórica) para US$ 93 milhões este ano.

 

ESPLANADEIRA

# Shopping Vila Olímpia, em São Paulo, passa a ter posto de vacinação contra Covid-19. # Carrefour promove semana dedicada a contratação de pessoas com deficiência, no Rio de Janeiro. # UNIASSELVI amplia oferta de pós-graduação com novos cursos: Comércio Exterior e Negócios Internacionais e Gestão Empresarial e Responsabilidade Social. # Carioca Shopping (RJ) vai sortear três motos Honda CG 160 Fan no Dia dos Pais. # Jornalista Thales Guaracy lança livro "A era da intolerância", pela Matrix Editora.

Esplanadeira é a seção da Coluna para divulgação de informações de mercado, artes, ação social, esportes e afins, sem qualquer vinculação publicitária ou financeira com este espaço. Sugestões para reportagem@colunaesplanada.com.br


Brasília, terça-feira, 27 de julho de 2021 - nº 3142

Leandro Mazzini, com Walmor Parente (Brasília/DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE) - ©® 2011 – 2021. Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados

Foto: Alfredo Cotait Neto, presidente da Associação Comercial de São Paulo (Alan Santos/PR - Agência Brasil)

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Limpando o nome do senador na praça

Café gelado com seca e geadas

Ciro Nogueira tem a força

Nem tanto... aponta pesquisa exclusiva

Claquete: roda o filme!

Café gelado com seca e geadas

O mercado de café, um dos principais produtos de exportação do Brasil, deve sofrer inflação daqui até o fim do ano. A expectativa para este 2021 era de baixa na produção, seguindo o ciclo histórico de alternância de boas e fracas colheitas. Mas a forte seca seguida das geadas - principalmente nas montanhas das regiões Sudeste e Sul - destruíram muitas lavouras. O indicativo de quebra no setor será maior do que os 20% esperados nas plantações do País.  A saca de café “bica corrida” de 60 kg já ultrapassa o valor de R$ 1 mil, enquanto o preço era de R$ 700 ano passado.

 

Confiança

Carlos Bolsonaro tem acompanhado o pai presidente o quanto pode, em importantes reuniões, e será de novo a mente por trás da futura campanha presidencial.

 

Aproximação com Igreja

O Governo prepara forte campanha para a conscientização sobre riscos do aborto, através do Ministério da Família, com aval do gabinete presidencial.

 

Decoração

A sala de reuniões de Bolsonaro no Palácio do Planalto é adornada na parede com quadros em homenagem a ele, presente de eleitores e simpatizantes.

 

Urna 1

O suspense gerado ontem com a manchete do Estadão sobre suposta fala do general Braga Netto, condicionando a realização das eleições à implementação do voto impresso, só reforça o clima para o Tribunal Superior Eleitoral provar, novamente, o que já faz há 25 anos desde a instalação da urna eletrônica: o aparelho é seguro.

Urna 2

A urna eletrônica é e sempre foi auditável. Antes e depois do pleito. Voto auditável não necessariamente é voto impresso e o presidente do TSE, ministro Luís Barroso, pode explicar isso. Braga Netto e o interlocutor citado, Arthur Lira – presidente da Câmara dos Deputados – negaram a informação. Sem provas de áudio e vídeo, o assunto já esfria devagar, mas fica o total alerta da sociedade para essa questão.

 

Bicentenário

Estão devagar e discretas e até tímidas o que o Governo vem programando, até aqui, sobre o bicentenário da independência do Brasil a ser comemorado em setembro do ano que vem. Tem a previsão de reabertura dos Museus do Ipiranga, em São Paulo,  e Nacional (que foi destruído por incêndio, no Rio). Entre outras programações.

 

Memória

Décadas atrás, o saudoso Carlos Heitor Cony, num artigo no Correio da Manhã, já citara que a República deveria ser Brasil dos Estados Unidos, e não Estados Unidos do Brasil, como o país já foi titulado.

 

Ponto positivo

Embora o Recife enfrente problemas com centenas de mendigos no centro antigo, o desempenho do prefeito João Campos em vacinar os recifenses contra o Covid-19 ganha destaque. As vacinações são agendadas a cada 5 minutos por pacientes e não há filas de espera. Hoje, pessoas com 34 anos ou mais já podem tomar a primeira dose.

 

Esperança

A ANVISA ampliou a bula do antirretroviral Tivicay (dolutegravir 50 mg) para crianças acima de 6 anos, com peso superior a 20kg, portadoras de HIV. Anteriormente, o medicamento era indicado apenas para portadoras do vírus acima de 12 anos (com peso superior a 40kg).

 

Águas calientes

A Usina Binacional de Itaipu, que pretende zerar a dívida decana (e contratual) com o governo do Paraguai em breve, agora se vê na parede por uma cobrança de US$ 4 bilhões de custo adicional cobrados pelo governo do país vizinho.

 

ESPLANADEIRA

# Carbonext lança plataforma online para pequenas e médias empresas que queiram se tornar “carbono neutro”. # Psicólogo Gustavo Zanchetta falará sobre "Os aspectos emocionais de tornar-se mãe", dia 27, pelo @mae_poramor . # West Shopping, em Campo Grande (RJ), realiza hoje, em parceria com Hemorio, nova edição da campanha de doação de sangue. #  D4Sign, empresa de assinatura eletrônica, lança autenticação de assinatura por vídeo-selfie.

Esplanadeira é a seção da Coluna para divulgação de informações de mercado, artes, ação social, esportes e afins, sem qualquer vinculação publicitária ou financeira com este espaço. Sugestões para reportagem@colunaesplanada.com.br


Brasília, sexta-feira, 23 de julho de 2021 - nº 3140

Leandro Mazzini, com Walmor Parente (Brasília/DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE) - ©® 2011 – 2021. Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados

Foto: Revista Cafeicultua

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Ciro Nogueira tem a força

Nem tanto... aponta pesquisa exclusiva

Claquete: roda o filme!

Evangélico sim, terrivelmente não

Freio de arrumação nas nomeações para o Supremo