O corpo do adolescente Erick Araújo, de 15 anos, afogado na tarde de quinta-feira, 15/02/18, na praia de Itacimirim, Orla Norte de Porto Seguro, foi encontrado por volta das 20h00. Pessoas que estavam na orla avistaram o corpo do rapaz, que estava boiando próximo à praia e chamaram o Corpo de Bombeiros, que já tinha se retirado e suspendido a operação de busca devido à falta de visibilidade no início da noite.

O corpo foi encaminhado para o DPT de Porto Seguro. A informação é de que Erick se afogou enquanto salvava o amigo de outro afogamento, quando brincavam de bola. O amigo foi salvo, mas Erick não conseguiu retornar à superfície, sendo levado pela forte maré. O mar estava agitado e as águas turvas devido às águas das chuvas e a afluência das águas do Rio Buranhém.


Muryllo Novais de Ávila, de três anos de idade, morreu afogado na piscina de um condomínio situado em Coroa Vermelha, distrito de Santa Cruz Cabrália, no dia 13/02/18.
Segundo a polícia, o ocorrido foi por volta das 20h00, quando a família do menino, de Vitória da Conquista, estava visitando parentes hospedados no local.
A informação é de que, num momento em que os pais e os demais parentes estavam na piscina, Muryllo havia ido ao banheiro com a avó, mas saiu de lá sem a companhia dela. Neste momento, ele teria pulado na piscina e, depois de algum tempo, foi notado debaixo d’água por outro hóspede. Muryllo foi retirado da água desacordado, levado ao Hospital Municipal José Maria de Magalhães Neto, em Cabrália, mas não resistiu.
A polícia está abrindo inquérito para apurar o fato e afirmou que a família está muito abalada.

 

A polícia encontrou um corpo carbonizado, no Alto do Mutari, em Santa Cruz Cabrália, no dia 04/02/18. O corpo foi levado para o IML, em Porto Seguro. Segundo a perícia, trata-se de um homem, mas que ainda não foi identificado. De acordo com a polícia, ainda não há suspeitos. O local é de difícil acesso e deserto.

 

 

No dia 12/02/18, a Polícia Civil prendeu em Porto Seguro sete homens por posse de êxtase, LSD, cocaína, lança perfume e maconha. Eles estavam hospedados em um hotel situado na orla norte da cidade.

Durante a ação, foram presos Pedro Nahuel Mendez, de 31 anos, Gustavo de Santana Pelicano, 28, Luciano Simões de Siqueira Júnior, 32, Leonardo de Oliveira Saraiva Lima,34, Giuliano Loures Martins Lopes,30, Francisco Edilson Rodrigues Souza Junior,33, e Lucas Felipe Paschoal da Silva, 25. Todos são vindos de Brasília. 

Em posse do grupo foram apreendidos 257 comprimidos de êxtase; 03 micropontos de LSD; 07 tabletes de maconha; 02 papelotes de cocaína; 89 frascos de lança perfume; 11 frascos de 500ml de "loló" (clorofórmio); 03 pedras brutas de substância não identificada; 03 invólucros plásticos com resíduos de droga sintética; 05 ampolas de "durateston"; 07 seringas intactas; 06 comprimidos da medicação "ultrogestan"; 01 frasco de "Silimarina", contendo 34 comprimidos; Quantia de R$1.567,00 reais em dinheiro.

Os homens foram autuados em flagrante pelo tipo previsto no Art. 33 da Lei 11.343/2006, tráfico de drogas.

Luciano Simões de Siqueira Júnior é Sargento do Exército Brasileiro e será encaminhado para custódia em Unidade do Exército. Um dos acusados é funcionário do Ministério da Saúde e cinco deles são estudantes universitários. 


Fonte: Polícia Civil/ 23ª Coorpin

 

 

No dia 31/01/18, a polícia de Porto Seguro prendeu em Trancoso Gediel Queirós de Araújo, também conhecido como “Diel”. Ele foi preso em flagrante quando portava um revólver calibre 38, da marca Taurus, com 6 cartuchos e de numeração adulterada.

A prisão foi na Rua Sol Nascente. De acordo com a polícia, Gediel é acusado participar de diversos roubos na localidade. Ele, que já responde por tráfico de drogas, foi, mais uma vez, colocado à disposição da justiça.

 

  PM apreende drogas em Santa Cruz Cabrália

 


Em operação realizada pela Polícia Militar do 8º Batalhão, aprendeu drogas na Rua Beira Rio, no distrito de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália. A ação aconteceu no dia 30/01/18.
Ao notar a aproximação da viatura, um homem correu, fugiu para o matagal, o que levantou suspeita da polícia, que tentou capturá-lo, mas não conseguiu.
Numa vistoria pelos arredores, a PM encontrou 56 pedras de crack e, dentre estas, uma pedra de 150g, 25 papelotes de cocaína, duas buchas de maconha, sete cartuchos para arma de calibre 22 e uma balança.