Aumenta proporção de municípios com unidades de ensino superior

Cresceu significativamente a presença de unidades de ensino superior nos municípios, em consonância com o aumento da escolarização da população: de 19,6% dos municípios em 2001, para 39,9% destes, em 2014.

Arquivos públicos e de documentação, investigados pela primeira vez em 2012 (18,0%) estavam presentes em 21,7% dos municípios em 2014.

Em 2014, a presença de centros de artesanatos (em 22,2% dos municípios) foi pesquisada pela primeira vez, assim como a de conchas acústicas (6,4%) e de espaço para circos (34,8%).

Bordado é a atividade artesanal mais difundida

Em 2014, o bordado continuava a ser atividade artesanal mais difundida, pois estava presente em 76,2% dos municípios brasileiros. Entre 2006 e 2014, cresceram muito as proporções de municípios com cineclubes (223,8%), circo (134,5%) e orquestra (92,2%), e caiu a porcentagem daqueles com grupos de artes plásticas e visuais (-11,7%).

Entre os 19 tipos de grupos artísticos analisados, os de artesanato estavam em 78,6% dos municípios, seguidos pelas manifestações tradicionais populares (71,9%), dança (68,5%), banda (68,4%), capoeira (61,7%), grupos musicais (54,6%), corais (50,4%), blocos carnavalescos (46,9%) e teatro (43,4%).

Pontos de Cultura estão presentes em 1.258 municípios

Em 2014, havia 1.258 municípios com Pontos de Cultura no país. Os maiores percentuais de municípios onde havia pontos de cultura estavam no Rio de Janeiro (64,2%) e no Ceará (59,8%).

Os Pontos de Cultura pretendem promover a inclusão social, fortalecer a cidadania, gerar empregos e firmar identidades culturais. São formados por entidades jurídicas selecionadas pelo Ministério da Cultura, através de editais públicos.

Cultura ocupa 1,0% dos servidores municipais e 0,4% dos servidores estaduais

Em 2014, havia 9.278 pessoas ocupadas na área de cultura das administrações estaduais, que representavam 0,4% do pessoal ocupado nas administrações direta e indireta dos governos estaduais (2.192.543 pessoas).

Entre os servidores estaduais da área de cultura, 45,9% eram estatutários, 23,6% eram somente comissionados, 10,5% eram pessoal sem vínculo permanente, 10,3% eram estagiários, 3,5% estavam sob a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e 6,2% eram cedidos.

Em 2006, trabalhavam na área de cultura da administração municipal 57.611 servidores, ou 1,1% do total das administrações direta e indireta, contra 67.123 em 2014 (1,0% do total). A maioria dos servidores municipais na área de cultura era de estatutários, como mostra a tabela a seguir.

Em 2014, entre os municípios, 5.260 (94,5% do total) tinham alguma estrutura organizacional para a cultura. Esse percentual recuou em relação a 2006 (97,5%).

Mais da metade dos municípios têm política para o setor de Cultura

Pouco mais da metade (54,6%) das cidades tinham uma política para o setor de cultura. Houve recuo de 3,3 pontos percentuais entre 2006 e 2014.

Esta proporção era de 43,1% para os municípios com até 5 mil habitantes, de 52,4% para aqueles na faixa de 10 a 20 mil e de 65,9% na faixa seguinte (de 20 a 50 mil). Chegava a 88,5% nas capitais e a 97,4% nos municípios com mais de 500 mil habitantes.

Em 2014, 18 unidades da federação e 26,9% dos municípios tinham algum programa ou ação para a produção cultural local autossustentável. O estado do Rio de Janeiro tem a maior proporção de municípios com ações nesta área (52,2%).

A Estadic/ Munic também traz informações sobre iniciativas de apoio à diversidade cultural, sobre financiamentos e fundos específicos para a cultura, a existência de conferências e conselhos de cultura e, ainda, conselhos de preservação do patrimônio histórico, item presente em apenas nove unidades da federação.

Em 2014, estados e municípios apoiaram a produção de 1.849 filmes.

Em 2014, a produção cinematográfica apoiada por estados e municípios atingiu 1.849 filmes. Entre as 27 administrações estaduais, 24 apoiaram financeiramente a produção de filmes, destacando-se o Rio Grande do Sul (60 filmes), Pernambuco (54 filmes) e São Paulo (42).

Nos 12 meses anteriores à pesquisa, foram produzidos 480 filmes com apoio dos estados, sendo 229 “curtas”, 113 de média duração e 138 de longa duração. Entre os municípios, 6% apoiaram financeiramente a produção de filmes. Foram 1.369 produções, sendo 838 “curtas”, 271 de média duração e 260 de longa duração.

Pernambuco e Bahia promoveram todas as atividades audiovisuais investigadas pela Estadic / Munic 2014 (apoio financeiro às produções, festivais, atividades de preservação, conservação e recuperação dos acervos e as atividades cineclubistas).

25 estados e 56,3% dos municípios incentivam a leitura, o livro ou a literatura.

Em 2014, 25 unidades da federação mantinham programas ou ações para fomentar a criação, produção circulação e difusão literária através dos seguintes mecanismos: editais diversos (21 UF’s), prêmios (18), incentivo direto (14) e outra forma (12). Entre os municípios, 56,3% tinham ações e programas em prol da leitura, do livro e da literatura.

24 estados e 61,0% dos municípios apoiam o turismo cultural.

Entre os estados, 24 desenvolveram algum tipo de programa ou ação em turismo cultural em 2014. Entre os municípios, 61,0% desenvolveram alguma ação ou programa em turismo cultural em 2014, percentual bem superior ao de 2006 (26,2%).

15 estados e 9,5% dos municípios incentivam a meia-entrada para idosos

O Suplemento de Cultura de 2014 investigou pela primeira vez a existência de legislação específica para garantir a concessão de meia-entrada ou entrada franca para pessoas com deficiência e idosos nos espetáculos culturais e eventos esportivos promovidos ou subsidiados pela gestão estadual, distrital e municipal. Esse tipo de legislação estava presente em 15 estados e 9,5% dos municípios.


Fonte: Ascom do IBGE

Foto ilustrativa

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2018 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade