PM e Detran aumentam a fiscalização de motoristas bêbados

 

Visando diminuir os índices de acidentes e mortes no trânsito, o 8° BPM e o Detran iniciaram no dia 25/05/19 atividades em referência ao aumento da fiscalização da chamada Lei Seca em Porto Seguro.

Segundo dados da PM somente em 2018, Porto Seguro registrou 1087 acidentes de trânsito, sendo 361 com vítimas, dessas 16 foram fatais. Parte dos acidentes teve vínculo direto com a ingestão de bebidas alcoólicas.

Policiais militares e agentes do Detran passaram a atuar na cidade inicialmente em atividades educativas nos principais bares e barracas de praia, distribuindo panfletos e realizando testes voluntários de bafômetro.

Atualmente a Lei Seca em âmbito nacional prevê que o motorista flagrado dirigindo sobre influência do álcool sofrerá sanções que vão da aplicação de multa no valor de R$ 2.934,70, recolhimento da CNH com suspensão do direito de dirigir por 12 meses e nos casos mais graves prisão em flagrante.

De acordo com o Comando do 8°BPM, o Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito e as a ações preventivas visam preparar a comunidade para a exata aplicação da lei e uma quebra de paradigmas, especialmente por ser uma região turística com muitos eventos festivos marcados pelo elevado consumo de álcool. O objetivo é salvar vidas e reduzir danos.


Fonte: Ascom 8º BPM

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade