A comunidade de Santo André, em Santa Cruz Cabrália, promove, de 26 a 30/12/17, o evento cultural Vila Criativa, uma iniciativa do Instituto Brasil Chama África e comunidade, com apoio da prefeitura e empresários locais.
O objetivo é criar um espaço atrativo para os visitantes e moradores, com atrações como música, teatro, cultura popular, cinema, artes, literatura e feira criativa.
Em sua primeira edição, no verão de 2017, emocionou os moradores com atrações de bom gosto e de fácil linguagem, de acordo com Miriam Silva, do Brasil Chama África.

Na segunda edição no mês de julho de 2017, versão inverno não foi diferente. “Optamos por apostar ainda nos resultados dos trabalhos das Ongs culturais com música clássica e dança contemporânea, e grupos afros e de capoeira, além da de gastronomia com os sabores da vila e convidados.


Na terceira edição, o projeto ganhou uma casa em frente ao cartão postal de dois cajueiros centenários. “Vamos poder proporcionar aos moradores oficinas durante o ano todo”, afirmou Miriam. A Vila Criativa aguarda os visitantes sempre das 16h00 às 22h00, com entrada franca, na av. Beira Rio, 22, Santo André.

Programação 2018

26/12
17h00 - Exposição de Valquito Lima - Mastros Sagrados, abertura da Feira Criativa, oficinas com cerâmica, reciclagem e contação de estória com O Livreiro.
18h30 – Abertura Cine Clube –SIRI Clube
19h00 - Concerto Quarteto do IASA
20h00 - Show do Grupo Omaré
27/12
17h00 - Exposição de Valquito Lima - Mastros Sagrados, abertura da Feira Criativa, oficinas com cerâmica, reciclagem
18h00 - Cine Clube
19h00 - Apresentação do Espetáculo Dança Contemporânea CCC
20h00 - Show da Banda Guiné Reggae
28/12
17h00 - Exposição de Valquito Lima - Mastros Sagrados, abertura da Feira Criativa, oficinas com cerâmica, reciclagem
18h00- Cine Clube
18h00- Boi duro de Santo Antônio e a Bicharada de Santa Cruz Cabrália
19h00- Show de dança Grupo Raio com Betinho Cruz Percussão
20h30 - Forró
29/12
17h00 - Exposição de Valquito Lima - Mastros Sagrados, abertura da Feira Criativa, oficinas com cerâmica, reciclagem
18h00 - Cine clube
19h00 - Show de palhaçaria Circomics
20h30 - Tete Purezempla/Ítalo MPB Soul
30 /12
17h00 - Exposição de Valquito Lima - Mastros Sagrados, abertura da Feira Criativa, oficinas com cerâmica, reciclagem
18h00- Cine Clube
19h00- Capoeira e Maculêlê do Pinguim
20h30 - Show Joana Volmer


De 16 a 18/10/17, Porto Seguro vai receber o Saúde sem Fronteiras para rastreamento do câncer de mama. Como parte das atividades do Outubro Rosa, será instalada a unidade móvel da mamografia na Passarela do Descobrimento, com funcionamento das 07h00 às 18h00, com capacidade instalada para realizar 100 mamografias por dia. O atendimento é para mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos.
Para serem submetidas ao exame as mulheres devem apresentar documento de identidade, cartão do SUS e comprovante de endereço. No município, cerca de 6.556 mulheres estão dentro da faixa de idade preconizada pelo Ministério da Saúde como a de maior incidência da doença, conforme levantamento do DATASUS. Além da unidade móvel, pacientes podem procurar o serviço em clínica credenciada ao SUS para realizar os exames durante todo o ano, não apenas no mês do outubro rosa.

Caminhada

A caminhada do Porto Seguro Rosa está marcada para 17/10/17, para mobilizar a comunidade no combate ao câncer de mama. A concentração vai ser no Trevo do Cabral, percorrendo, as principais avenidas do centro da cidade.


A Secretaria de Saúde de Porto Seguro apresentou, dia 15/12/17 , o balanço de atividades desenvolvidas na cidade em relação a situação epidemiológica no período de 01 de janeiro a 11 de dezembro de 2017. Dentre as ações, àquelas voltadas ao combate do mosquito Aedes Aegypti (transmissor da dengue, chikungunya e zika) por meio do Programa Municipal de Controle às Endemais - PMCD, da Vigilância em Saúde,
Notificações e casos registrados
De acordo com os dados do PMCD, Porto Seguro mantém Índice de Infestação Predial satisfatório em 1%. De acordo com a Secretaria de Saúde, isso significa que não encontra-se em situação de alerta ou risco. O Ministério de Saúde considera este percentual como aceitável.
Em Porto Seguro, de 1º de janeiro até 11 de dezembro, foram notificados 1090 casos suspeitos de dengue, tendo 11 confirmações. Quanto a chikungunya 743 notificações com 31 casos positivos. O zika vírus obteve 210 registros suspeitos, mas sem confirmação (Fonte: LACEN/2017).
Atividades realizadas em campo
Segundo o relatório, 111.957 mil imóveis foram inspecionados, por meio de visitas de rotina realizadas pelos agentes de combate às endemias, com a finalidade eliminar e tratar os possíveis criadouros do mosquito. Os números incluem residências, terrenos baldios, construções, entre outras edificações.
As ações de educação popular em saúde e de mobilização social chegaram a 36.519 intervenções, como mutirões, faxinaços, palestras, atuações nas escolas, feiras de saúde, panfletagens e visitas domiciliares, segundo a Secretaria. No item mutirões as equipes promoveram, com apoio conjunto das Secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Serviços Públicos, 21 faxinaços em diferentes bairros e distritos totalizando 170 toneladas de materiais inservíveis recolhidos que poderiam se tornar criadouros do Aedes Aegypti.
De acordo com o relatório, os agentes realizaram bloqueios pelas esquipes de operações especiais, responsáveis pela eliminação mecânica dos criadouros e tratamento adequado, que registraram 762 atuações usando a Bomba Costal UBV leve (Perifocal) e 232 fumacês. Os bloqueios de transmissão são efetivados quando ocorrem notificações de casos de dengue, zika ou chikungunya na casa ou local de trabalho da pessoa com suspeita da doença. O trabalho é feito em um raio de 150 metros a fim de ampliar o bloqueio e impedir a expansão de novos criadouros.

Alunos da Escola Adventista de Eunápolis e a Cooperativa de Catadores (Coonapolis) fizeram uma parceria para realização da coleta seletiva de lixo na cidade. Um encontro no dia 03/10/17, na sede da escola, na rua Presidente Kenedy, 135 - Centro, preparou a instituição para receber um eco ponto de coleta de recicláveis secos.
Cerca de 100 estudantes assumiram o compromisso de eleger um Núcleo de Educação Ambiental da Escola em conjunto com a direção, para montar e gerenciar o eco ponto de coleta. Eles também assumiram o compromisso de realizar encontros com a comunidade do entorno da escola e buscar adesão ao processo de coleta da Coonapolis.
O pastor e professor representante da Igreja Adventista afirmou que a participação dos alunos na defesa da causa ambiental os conduzirá à contribuição para um mundo mais saudável para as futuras gerações. E ressaltou a importância do trabalho dos catadores.
Na oportunidade, Jonas Nascimento, pedagogo, especialista em Métodos e Técnicas educacionais e assessor voluntário da Coonapolis, apresentou a cooperativa, juntamente com Micléia Vieira, enfocando sua importância na coleta seletiva, apresentando ações já desenvolvidas em conjunto com os catadores, reafirmando a importância da categoria para o município, a região e meio ambiente.
Foi citada ainda a obrigatoriedade da implantação dos aterros sanitários, principalmente nos municípios com mais de 50 mil habitantes. Ambos os comunicadores, falaram da necessidade imediata da eliminação do lixão para inviabilizar a estadia dos catadores naquele ambiente insalubre e perigoso, e da necessidade de participação do poder público para realização da triagem dos recicláveis e cessão de equipamentos mínimos necessários à atividade. Durante o encontro os alunos responderam perguntas sobre a causa ambiental e fizeram a entrega simbólica de prêmios para os palestrantes, como forma de agradecimento.

 


Fonte: Ascom Escola Adventista

Por favor, publique módulos na posição offcanvas.