Agosto Dourado estimula o aleitamento materno

Agosto é o mês mundial do Aleitamento Materno e, com a finalidade de intensificar a  relevância desse assunto para a sociedade, a Secretaria de Saúde de Porto Seguro, por meio do Programa Saúde da Criança, desenvolverá de 01 a 31/08, em todas as unidades de saúde da família, ações educativas enfatizando os benefícios da amamentação, que esse ano aborda o tema "Empoderar as famílias favorecem as mulheres que amamentam".

O secretário de saúde, Kerrys Ruas, ressalta a realização das ações de atenção integral à gestante e ao recém-nascido na rede de Atenção Básica, em todas as unidades de saúde da família, como parte estratégica do cuidado assistencial do SUS.  "O Agosto Dourado é um dos mecanismos de incentivo promovidos pelas equipes de saúde, que visa fortalecer o aleitamento materno, principalmente por mobilizar as mães a ofereceram aos seus filhos o alimento mais essencial, prevenindo doenças, além de representar o envolvimento singular entre mãe e filho, fortalecendo o vínculo emocional", garante.

Benefícios essenciais

Considerada estratégia de maior impacto capaz de salvar a vida das crianças menores  de 5 anos em todo o mundo, além de reduzir a mortalidade por causas evitáveis, a amamentação também reduz casos de desnutrição, diarreia, infecções respiratórias, hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade. Com orientação preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é reforçada a importância do leite materno para o desenvolvimento das crianças até dois anos e exclusivo até os seis meses de vida.

Para a diretora do programa saúde da criança, Tatiane de Oliveira Fonseca Cangussú, a proposta do novo tema é encorajar a participação inclusiva de toda a família no decorrer do período gestacional, parto e pós parto, a fim de  evidenciar os múltiplos benefícios obtidos da amamentação, tanto para a criança, quanto para o fortalecimento do vínculo familiar.

Temas discutidos

Diversos assuntos serão intensificados pelas equipes de saúde, durante o Agosto Dourado, sendo destacada a necessidade da amamentação as crianças na primeira infância; estimular gestantes, família e sociedade sobre o reforço do aleitamento no intuito de proteger, viabilizar e apoiar a nutrição nos 6 primeiros meses de vida do bebê; orientações sobre as técnicas corretas de amamentação, desconstruindo mitos e tabus.

 


Texto: Secretaria Municipal de Saúde - Ascom PMPS

CTA Itinerante volta a funcionar à noite

O Centro de Testagem Itinerante (CTA) de Porto Seguro, um serviço público de saúde que realiza testes rápidos de HIV, sífilis, hepatites B e C, além de aconselhamento quanto à prevenção das infecções sexualmente transmissíveis (ist), voltou a funcionar no período noturno.

A informação partiu da assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde, que afirmou que, por ser uma unidade de saúde itinerante, favorece muito o acesso da população ao serviço. O público-alvo são pessoas com dificuldade de acesso as unidades básicas de saúde, como homens e mulheres que cumprem horário de trabalho diurno, corporações e população com maior vulnerabilidade e que desenvolvem suas atividades à noite (profissionais do sexo, moradores em situação de rua, usuários de drogas).

A equipe é formada por uma enfermeira, uma técnica de enfermagem e um motorista, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Além do atendimento com testes rápidos e orientação, o serviço promove a distribuição de preservativos masculinos, femininos e gel lubrificante.

Segundo a Ascom, tanto as equipes atuam com objetivo de ter diagnóstico precoce do HIV, da sífilis e da hepatite B e C, melhorando consideravelmente o prognóstico para o usuário através do início imediato de tratamento, o apoio psicológico e social. Além disso, o diagnóstico e tratamento das ists funcionam como uma das principais ações de prevenção, visto que possibilita quebra da cadeia de transmissão destes vírus. A iniciativa é considerada imprescindível pelas equipes de saúde, já que Porto Seguro, por ser uma cidade turística, tem uma vida noturna intensa.

Porto Seguro inicia matriciamento na Rede de Atenção Psicossocial

Profissionais da saúde municipal reuniram-se no dia 28/05, no auditório da secretaria para iniciar o processo de matriciamento da Saúde Mental na Atenção Básica. O objetivo é qualificar os profissionais das diferentes especialidades da área, para permitir o fortalecimento da atenção psicossocial de maneira compartilhada, através da articulação dos serviços, ao integrar a rede de apoio de atendimento dos pacientes.

Ampliação ao acesso

Como preconizado pela Portaria Nº 3088 de dezembro de 2011, o processo de matriciamento é importante para ampliar o acesso à atenção psicossocial da população em geral.  Sendo assim, os CAPS não são os únicos equipamentos de saúde responsáveis pela assistência no âmbito da saúde mental, mas também os demais serviços que compõem a rede de atenção Psicossocial (RAPS), como a atenção básica e a rede de urgência, garantindo que equipes multidisciplinares sejam igualmente responsáveis no processo de assistência e integralidade do cuidado com o paciente em todo o sistema de saúde ofertado pelo município.

Serviços

Durante o encontro, os profissionais tiveram acesso a informações sobre estrutura organizacional humanizada e acolhedora, com escuta qualificada, por meio dos trabalhos terapêuticos desenvolvidos nos CAPS II direcionado a pacientes com transtornos mentais, CAPS AD (álcool e drogas), Centro de Atenção Infantil, sendo ampla capacidade assistencial, que possibilita interação entre os pacientes.

Também foram abordados aspectos relacionados aos principais transtornos mentais e características importantes que sinalizam um problema de saúde mental grave, a fim de capacitar os profissionais da atenção básica no atendimento aos pacientes, bem como a solicitação de consulta conjunta, tendo o apoio direto do médico de saúde da família, enfermeiro, dentista e agentes comunitários.

Saúde promove ação contra o tabagismo no Terminal Rodoviário

Em alusão ao Dia Mundial Sem Tabaco, 31 de maio, a Secretaria de Saúde realizou um trabalho de conscientização no Terminal Rodoviário de Porto Seguro, propondo uma reflexão sobre os malefícios decorrentes do uso do cigarro, responsável por desencadear diversas doenças, a exemplo do câncer de boca e pulmão.

A ação teve a parceria da Vigilância em Saúde e a Atenção Básica, e levou ao público as informações em forma de teatro, cartazes e abordagens ao público. "O primeiro passo é o fumante compreender a necessidade de mudar o comportamento, avaliar os impactos negativos que o uso do cigarro provoca, pois a ingestão do tabaco leva a agravos terríveis a saúde”, disse a coordenadora do Programa Deixando de Fumar sem Mistérios, Odete Rocha.

Vestida de "morte", com roupas pretas e máscara cadavérica, a educadora física da Academia de Saúde, Susley Schmidt, abordou passageiros, funcionários das empresas de ônibus, taxistas, motoristas e colaboradores que atuam no terminal rodoviário. A forma criativa e chocante teve a intenção de gerar reflexão quanto aos números de mortes entre os fumantes em todo o mundo, sensibilizando as pessoas para conhecerem as ações antitabagismo desenvolvidas no município.

De forma direta, usando linguagem informal e atualizada, as agentes de combate às endemias, que integram a Equipe de Educação Popular em Saúde (EPS), forneceram conteúdo informativo, por meio da apresentação teatral, enfatizando alertas e advertências quanto às composições altamente tóxicas contidas no cigarro.

Programa Deixando de Fumar sem Mistérios

A epidemia global do tabaco mata quase 6 milhões de pessoas por ano. Destas, mais de 600 mil são fumantes passivos (pessoas que não fumam, mas convivem com fumantes). O Programa Deixando de Fumar sem Mistério, acessível a todos, é desenvolvido em todas as unidades de saúde do município, assentamentos rurais e áreas indígenas, e prevê ações que compõem o Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT), com o objetivo de reduzir a prevalência de fumantes e a consequente mortalidade relacionada ao consumo de derivados do tabaco, seguindo um modelo no qual são realizadas ações educativas, através de grupo de apoio, no intuito de prevenir a iniciação do tabagismo, além da disponibilização de medicamentos para o tratamento.


Fonte: Ascom Secretaria de Saúde

Porto Seguro realiza Fórum no Dia da Luta Antimanicomial

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Porto Seguro realiza, no dia 17/05/19, o 1º Fórum de Saúde Mental em defesa do direito e da liberdade das pessoas, no Dia da Luta Antimanicomial. O evento será realizado no Centro de Cultura, a partir das 9h.

Serão realizadas oficinas terapêuticas, exibição do documentário Manicômio Brasil, mesa redonda abordando os temas: Enfrentamento do surto e a potência da Rede na Luta Antimanicomial, apresentação do Coral Saúde Mental Porto Seguro e monólogo.

O objetivo do evento é chamar a atenção da sociedade para a questão da saúde mental no Brasil, principalmente no que se refere à reforma psiquiátrica, com o fechamento de leitos psiquiátricos e pacientes passando a ser atendidos nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), como referência de atendimento humanitário. A proposta da reforma psiquiátrica é a desativação dos manicômios, para que aqueles que sofrem de transtornos mentais possam conviver em sociedade.

© 2019 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade