Economia Solidária ganha espaço próprio no Centro de Porto Seguro

A partir deste sábado, 11/09/21, Porto Seguro conta com um Centro Público de Economia Solidária (Cesol).  O projeto é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

O espaço é multifuncional e oferece ações de assessoria técnica, apoio à comercialização e comunicação, microcrédito assistido, qualificação e distribuição de insumos e equipamento para grupos, associações e cooperativas do território da Costa do Descobrimento e do extremo sul baiano. Os empreendimentos beneficiados serão inseridos em redes de comercialização, em mercados convencionais e nas lojas fomentadas e apoiadas pelo Cesol.

Além disso, no vai funcionar uma loja para comercialização de produtos de 88 empreendimentos econômicos solidários, de 21 municípios baianos. A iniciativa deve beneficiar diretamente cerca de 1.500 famílias.

Municípios

O Cesol Porto Seguro contem os municípios de Belmonte, Eunápolis, Guaratinga, Itabela, Itagimirim, Itapebi, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Alcobaça, Caravelas, Ibirapoã, Itamaraju, Itanhém, Jucuruçu, Lajedão, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Prado, Teixeira de Freitas e Vereda. A gestão do espaço será realizada pela organização social Associação Beneficente Josué de Castro. O Cesol fica na av. Portugal, 224, no Centro de Porto Seguro.


Com informações e foto da Secom-BA

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

IPTU Verde dá desconto no imposto para quem tem energia solar

Economia Solidária ganha espaço próprio no Centro de Porto Seguro

Anvisa autoriza mais um medicamento para o tratamento do Covid 19

Movimento regenerativo ganha força em Santo André

Guia orienta cidades como investir no uso de energia solar 

© 2021 Jornal do Sol - Informação com Credibilidade