Reflexões de uma quarentena

Publicado na edição 419 do Jornal do Sol

Desde que comecei a escrever essa coluna, nunca tive tanta dificuldade para começar um texto. Tá certo que alguns textos que já saíram aqui não foram tão elaborados, desculpa sou novato nessa área, mas este cenário de apocalipse que estamos vivendo dificulta um pouco as coisas. Vivemos naquele grande dilema de obviedades entre o que vale mais: o dinheiro ou a vida? Na minha opinião, estamos passando por um processo de mudança que envolve muito mais que um simples resfriadinho.

Vimos o mundo evoluir freneticamente nesses últimos 30 anos e é bom apertar o cinto porque vai ficar mais rápido ainda. Quem nadar contra a maré e não seguir em frente junto com a inovação, pode ter certeza, vai se afogar.  Vamos tirar o melhor de nós mesmos nesse tempo de crise e nos adaptar a essa nova realidade, até porque somos seres humanos, uma raça que é especialista nisso. Vamos utilizar esse tempo de quarentena para repensar nossas ações e o que devemos fazer daqui em diante. Como essa coluna, apesar da minha teimosia em falar de diversos temas, continua sendo de gastronomia, segue uma receita fácil e gostosa de fazer para adoçar um pouco nossos dias.  #Fica em Casa!

Cookies

 

Ingredientes: 01 xícara de chá de açúcar mascavo, 3\4 de xícara de açúcar refinado, 01 xícara de chá de manteiga, 2 1\2 xícaras de chá de farinha de trigo, 02 ovos, 01 colher de chá de extrato de baunilha, 01 colher de chá de mel, 1\2 xícara de chá de chocolate meio amargo picadinho, 1\2 xícara de chá de castanha de caju picadinha.

Modo de Preparo: Misture o açúcar mascavo e o açúcar refinado em uma tigela.  Depois adicione a manteiga, os ovos, o mel e o extrato de baunilha. Por fim, adicione a farinha de trigo, o chocolate e as castanhas. Agora pegue essa massa e leve ao refrigerador por pelo menos 2 horas. Deixe o forno pré aquecido a 180ºC, e com uma colher ou pegador de sorvete, molde os cookies e distribua na forma para assar por 10 a 15 minutos. Depois de assado retire do forno e espere que esfrie para removê-los da forma. Agora é só aproveitar!

 


Caio Silva é Chef de Cozinha do Restaurante Banzé

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar