Alimentos que ajudam a diminuir o colesterol e triglicérides

Publicado na edição 423 do Jornal do Sol

Semanalmente em meu consultório, recebo pessoas que estão com as taxas de colesterol e triglicérides elevados. Estes dois tipos de gordura quando estão nas medidas certas são essenciais para o organismo. O colesterol é necessário para a produção de novas células, sais biliares, vitamina D e hormônios esteróides – como testosterona e progesterona; e o triglicérides tem como principal função regular a reserva de energia.

O problema é quando as taxas ficam alteradas e começam a comprometer a saúde. Os fatores que levam os níveis de colesterol e triglicerídeos a ficarem acima do recomendado são: sedentarismo, estresse, estar acima do peso e principalmente má alimentação.

O melhor tratamento para estes males é sem duvida a mudança de hábitos alimentares, e a inclusão de atividades físicas regularmente. Reduzir a quantidade de carne vermelha, especialmente as gordurosas, queijos amarelos, creme de leite e frutos do mar como camarão, mexilhões e lula também ajuda muito. Os sorvetes, biscoitos recheados, pães brancos e salgadinhos devem ser substituídos por alimentos integrais, frutas e legumes.

Existem alimentos que são verdadeiros remédios no controle destas taxas, são eles:

Soja - A soja possuiu efeitos protetores sobre as doenças cardiovasculares e consequentemente sobre os níveis do colesterol HDL (aumenta) e LDL (diminui). Isso acontece devido a presença das isoflavonas presentes na soja.

Aveia e Linhaça - Estes dois cereais são fontes de fibras e só por isso já colaboram em melhorar os níveis de colesterol e triglicérides no sangue. A aveia possui um tipo de fibra solúvel chamada beta-glucana que de acordo com vários estudos realizados diminui o LDL (colesterol ruim). Já a linhaça possui considerável quantidade de ômega 3 em sua composição que também diminui o LDL e ajuda aumentar o HDL (colesterol bom).

Peixes - São fontes de ômega 3, que ajuda a controlar o colesterol e os triglicérides. Eles inibem a formação de plaquetas e a coagulação sanguínea, evitando trombos, prevenindo as doenças cardiovasculares.

Suco de uva - Quanto mais natural melhor, se possível feito com a casca, assim você obterá uma substância chamada resveratrol, um poderoso antioxidante que ajuda na redução do colesterol.

Castanha-do-Pará - O consumo regular dessa oleaginosa auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares. Os ácidos graxos insaturados presentes nela são os responsáveis por esse benefício, uma vez que eles ajudam na diminuição das taxas de triglicérides e colesterol total no sangue, e colaboram com o aumento do HDL.

Fitoesteróis - São substâncias semelhantes ao colesterol; são pouco absorvidas pelo intestino e competem com o colesterol, contribuindo para que este seja menos absorvido e, desta forma, auxiliam na redução dos níveis de colesterol total no sangue. As principais fontes são nozes, semente de girassol, soja, canola, trigo, milho, feijões, abacate, legumes e verduras. Também são encontrados, comercialmente, enriquecendo produtos como cremes vegetais, iogurtes e leite.

Saúde a todos!


Maria Luiza dos S. Cardoso é nutricionista especialista em obesidade e emagrecimento

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar