Primeiros turistas chegam a Caraíva após reabertura do vilarejo

Caraíva, distrito de Porto Seguro, fechado à atividade turística desde o início da pandemia de coronavírus, recebe em 1º/09/20 os primeiros turistas. De acordo com moradores, a retomada do turismo no vilarejo neste momento não era consenso entre a comunidade e donos de estabelecimentos. Mesmo assim, na expectativa do retorno do movimento, o distrito garante que se preparou para a recepção.

As canoas que fazem a travessia do rio Caraíva desembarcaram os primeiros hóspedes. Na sua maioria, jovens. De acordo com um taxista que faz a rota até o vilarejo, no segundo dia após a reabertura, ele tem programado três traslados de Porto Seguro para Caraíva.  

Apreensão

No perfil @caraivanoticias, do Instagram, as informações são de que o “primeiro dia de reabertura da vila deixou a comunidade apreensiva”. De acordo com o perfil, o primeiro grupo de turistas chegou antes de meio-dia, alguns com máscara e outros sem. Acompanhe o relato do Notícias de Caraíva:

“Restou à comunidade e aos comerciantes pedir que os turistas usassem as máscaras como forma de prevenção da contaminação pelo Covid-19. A comunidade também relatou casos de aglomeração em restaurantes.

O Distrito de Caraíva estava fechado para o turismo desde 21 de março. O primeiro caso de Covid aconteceu dentro do vilarejo no início de julho e até agora seis casos foram confirmados.

No último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura Municipal de Porto Seguro 21 casos haviam sido constatados na aldeia indígena Xandó e outros dois em Nova Caraíva.

A comunidade solicitou para a Associação dos Nativos de Caraíva - Anac uma reunião de emergência com as demais associações para alinhar as ações que podem ser feitas para fazer valer as medidas da vigilância sanitária, considerando que não existe em todo o distrito fiscalização oficial pela Prefeitura de Porto Seguro.”

Ao final do texto, um apelo:

“Caraíva implora: turista: ao chegar, antes mesmo da travessia, esteja vestindo a sua máscara facial. Ela é a sua e a nossa segurança contra a Covid-19. Por favor não suba na carroça, reserve este transporte apenas para as suas bagagens. Higienize suas mãos constantemente com água e sabão ou com o uso de álcool em gel. Evite aglomerações na praia e também nos estabelecimentos comerciais.”

Iniciativas

Além das regras sanitárias a serem seguidas pelos estabelecimentos autorizados a funcionar conforme o Selo Porto Mais Seguro, outras iniciativas visam aumentar a segurança das pessoas nesse período de pandemia. O Coletivo Comercial Caraíva preparou duas cartilhas de boas práticas (uma para uso na gastronomia e outra para uso na hospedagem), que resumem os protocolos e auxiliam os comerciantes “para que a maioria possa se adaptar e voltar a trabalhar com segurança”. Placas estão sendo colocadas nos comércios e em pontos estratégicos da vila, com informações relevantes sobre distanciamento e comportamento durante a estadia dos hóspedes.


Fotos enviadas por moradores de Caraíva

© 2021 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade