Tá calor! E agora, o que comer?

 

PUBLICADO NA EDIÇÃO 416 DO JORNAL DO SOL

Com a chegada do Verão e as temperaturas elevadas, procuramos sempre coisas leves e práticas para comer, até porque ganhamos um tempinho a mais para curtir a praia. Saladas, ceviches e pratos frios são sempre uma boa alternativa. Um prato que eu sempre gosto de fazer, que é muito refrescante, prático e todo mundo gosta é o Carpaccio.

Prato de origem italiana e feito com filé mignon, pode ser encontrado em várias versões hoje em dia - como salmão, atum entre outros. No entanto, na receita de hoje seguiremos fielmente a original feita com filé mignon e molho à base de mostarda.

Podemos encontrar a carne congelada e cortada em fatias finas em praticamente todos os supermercados. Não tenho nada contra, mas para esta receita, vamos fazer o passo a passo: desde o carpaccio até o molho e a finalização, para que se tenha um resultado final melhor e mais saboroso.

Agora vamos deixar de papo e partir para receita de hoje, assim não perdemos muito tempo e podemos aproveitar mais desse Verão!

Carpaccio de Filé (serve 2 pessoas)

Ingredientes

Carpaccio: 2 medalhões de Filé Mignon de aproximadamente 150 g cada                                           

Molho: 1/2 de xícara de azeite extra virgem, 01 colher de sopa de suco de limão siciliano, 01 colher de sopa de molho inglês, 01 colher de sopa de cebola picada, 01 colher de chá de mostarda dijon, 01 colher de sopa de cream cheese.

Para finalizar: alcaparras, pimenta-do-reino, flor de sal, salsinha, parmesão, torradas caseiras

Modo de Preparo

Com um martelo de carne bata o bife até ficar bem fininho e molde o carpaccio colocando por cima um plástico em um prato. Mantenha na geladeira até a hora de servir. Quando for servir, retire o plástico e monte o carpaccio com o molho e os ingredientes abaixo.

O molho é simples e prático. Basta processar todos os ingredientes em um mixer até ficar liso e homogêneo. Espalhe por cima do carpaccio, regue com um fio de azeite, alcaparras, uma pitada de flor de sal, pimenta do reino e lâminas de queijo parmesão. Procure usar produtos da melhor qualidade para obter um melhor resultado final, faz toda a diferença.

Para finalizar, use algumas folhas de rúcula fresca, tempere algumas folhas com um pouco de azeite, sal e suco de limão e coloque no centro do prato. Sirva com torradinhas caseiras e bom apetite!


Caio Silva é Chef de Cozinha do Restaurante Banzé

 

Uma nova década começou

PUBLICADO NA EDIÇÃO 415 DO JORNAL DO SOL

Chegamos ao fim de mais um ciclo, e como todos os anos, essa é aquela época em que paramos para refletir e agradecer por tudo que se passou e traçar planos e metas para o próximo ano que está por vir.  2019 também é muito especial para o Jornal do Sol, que completa 28 anos de existência e tem muito para comemorar.

Vou completar 30 anos em breve e com certeza passa um filme na cabeça de qualquer um que chega nessa fase da vida, afinal em três décadas muita coisa acontece. Vivenciamos diversas mudanças no mundo nesse meio tempo, evolução tecnológica, redes sociais, dinheiro digital e mesmo assim, ainda temos um longo caminho para percorrer nessa nova década que se inicia.

Parabéns ao Jornal do Sol que registrou tantos momentos dessa história e obrigado por me deixar fazer parte dela. Para comemorar essa data especial e celebrar essa virada de ano, vou direto para a melhor parte que é a receita do mês. Decidi compartilhar uma receita que sempre faço em minha casa e é um sucesso, tanto é que vou executar esse ano lá no Banzé na Ceia de Natal: Pernil Assado com Geleia de Bacon.

Para finalizar desejo a todos um Feliz Natal, um próspero Ano Novo e muita comida boa para todos nós! Viva 2020!

 

Pernil Assado com Geleia de Bacon

Ingredientes: 01 peça de pernil suíno, sal a gosto, pimenta do reino a gosto, 02 laranjas, 01 cabeça de alho, 500 g de Bacon, 01 cebola roxa picada, 250 g de açúcar mascavo e água.

Modo de Preparo: Coloque o pernil numa assadeira e faça leves furos com a ponta da faca. Dentro desses furos coloque o alho inteiro descascado. Após esse processo, tempere com sal, pimenta do reino e o suco de duas laranjas. Embrulhe com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido em 200 Cº de 3 a 5 horas ou até que fique macio. Enquanto o Pernil assa lentamente é hora de preparar a geleia de bacon. Corte o bacon em cubinhos e leve ao fogo em uma panela. Depois que o bacon dourar e soltar sua gordura adicione a cebola roxa picada. Depois que a cebola já estiver translúcida, é hora de colocar o açúcar mascavo e  completar com água. Mexa bem constantemente e deixe reduzir em fogo baixo até que forme o ponto de geleia. Ajuste os temperos da geleia com sal e pimenta caso seja necessário. Depois que o pernil estiver assado, sirva com a geleia sobre o pernil e bom apetite!


Caio Silva é chef de cozinha do Restaurante Banzé

Um ano inesquecível

PUBLICADO NA EDIÇÃO 413 DO JORNAL DO SOL

Nesse mês completa meu primeiro ano escrevendo essa coluna de gastronomia aqui no Jornal do Sol. A primeira coluna foi sobre o Festival da Lagosta, do qual participei nas três primeiras edições e que já está em sua 4ª edição, agora trazendo muitas novidades como um aplicativo para celular que faz com que os clientes localizem os restaurantes participantes com mais facilidade. Nesse meio tempo muitas coisas mudaram para mim e é muito gratificante fazer parte dessa equipe, podendo me expressar sobre casos do meu cotidiano e dividir receitas que fazem parte da minha história.

Recentemente comentei aqui que estava encerrando um ciclo de minha vida e que novidades estariam por vir. Pois então o momento tão esperado por mim chegou. Nesse último dia 12 de outubro, dia de Nossa Senhora, realizei um sonho que eu perseguia desde os tempos de menino, que era abrir meu próprio negócio. A inauguração foi um sucesso e agora temos muito trabalho pela frente para servir ao público de Porto Seguro que procura por boa comida aliado a um ambiente agradável e serviço de qualidade.

O restaurante Banzé, que foi um projeto elaborado e pensando nos mínimos detalhes, fica localizado na Rua Augusto Borges nº59ª, e fica aberto de segunda a sexta das 12h às 23h e aos sábados, das 13h à 0h. Lá você poderá encontrar pratos diversos como esse Risoto de Pupunha com Crispy de Presunto Cru que segue abaixo com todos os detalhes.

Risoto de Pupunha com Crispy de Presunto Cru

Ingredientes:

300 g de palmito pupunha fresco picado, 50 ml de vinho branco, 150 g de arroz arbóreo, 50 g de cebola branca picadinha, 25 g de salsinha picadinha, 100 g de presunto cru, 50 g de manteiga, 50 g de parmesão ralado, 300 ml de caldo de legumes, 25 ml de azeite extra virgem e sal a gosto.

Modo de Preparo:

Em uma caçarola em fogo médio coloque o azeite extra virgem e refogue a cebola. Após refogar a cebola adicione o palmito pupunha, o arroz arbóreo e o vinho branco para que solte o refogado da panela. Mexendo bem adicione o caldo de legumes até cobrir o arroz e tempere com sal. Enquanto faz o risoto, em uma assadeira distribua o presunto cru e leve ao forno por 15 minutos a 180ºC ou até que fique crocante e forme o crispy. Agora que o risoto já está al dente, finalize com manteiga gelada, parmesão e salsinha. Sirva o risoto com o crispy de presunto cru e bom apetite!


Caio Silva é um paulista apaixonado por comida e Chef de Cozinha do Restaurante Banzé

SOS meio ambiente

 

PUBLICADO NA EDIÇÃO 414 DO JORNAL DO SOL

Para quem me acompanha aqui na coluna, já deve ter me visto tocar em assuntos como aquecimento global e desperdício. Como todos já devem saber, recentemente passamos por uma catástrofe sem precedentes na costa brasileira onde houve um grande vazamento de petróleo que começou no nordeste e já chegou às praias do Sudeste. A princípio houve um grande alarde por parte da imprensa e da população, com informações de certa forma até exageradas, mas a situação já se encontra controlada e com certeza daqui alguns meses a maioria da população nem irá se recordar desse fato.

Claro que isso tudo que aconteceu prejudica muito o ecossistema marinho, mas esse derramamento de óleo não chega a ser nem 1% do problema que temos para solucionar no que tange a questão da poluição nos mares.  A exemplo, temos inúmeros rios que são poluídos e desembocam nos oceanos e muitos fecham os olhos para esse fato. Se nós  humanos não revermos nossas práticas do dia a dia - desde a produção até o consumo - estaremos fadados  à extinção de iguarias como camarões, polvos e outros frutos do mar.  Consumo consciente, reciclagem e pesca controlada são algumas das ações que devemos botar em prática e reforçar cada vez mais  para que o meio ambiente e o ecossistema se renove e seja eterno.

Segue uma receita de spaghetti com bugigão, o vôngole do Sul da Bahia, que ainda podemos encontrar com fartura em nossos manguezais e é um prato que nem todos dão o valor que ele merece. Conscientize-se e bom apetite!

Spaghetti com Bugigão

Ingredientes: 1 pacote de spaghetti grano duro, 1 copo de vinho branco, 1\2 cabeça de alho, 1 cebola picada, 2 tomates picados, 1 maço de salsinha picadinha, 3 kgs de bugigão (vongole), 200 ml de azeite de oliva, sal a gosto.

Modo de Preparo: Lave bem o bugigão (vongole). Em um frigideira grande regue o azeite e doure o alho e a cebola. Adicione o bugigão e finalize com o vinho branco. Tampe a frigideira até que o bugigão comece a abrir. Tempere com sal a gosto e salsinha. Em uma caçarola com água fervente com azeite e sal cozinhe o spaghetti até que fique al dente. Reserve um pouco da água do cozimento para finalizar.  Depois que escorrer envolva o spaghetti no bugigão refogado e adicione a água do cozimento. Ajuste o sal e sirva bem quente.


Caio Silva é Chef de Cozinha do Restaurante Banzé

A nova orla da gastronomia

PUBLICADO NA EDIÇÃO 412 DO JORNAL DO SOL

Tá ficando bonito!  A cada dia que passa, podemos ver o progresso na revitalização das barracas de praia. Elas estão ficando mais modernas e agradáveis; tanto para os clientes assíduos quanto para quem está de passagem pela cidade. Depois de anos de resistência e de muita discussão, parece que a melhor atitude foi tomada. Claro que como bom brasileiro, sempre na última hora, mas o resultado está ficando incrível.

Além das belezas naturais, das atrações de bom gosto e gastronomia de qualidade, isso será essencial para que Porto Seguro alavanque cada vez mais seu turismo. E nós moradores também ganhamos muito com essa empreitada. Além de impulsionar a economia local e gerar empregos, teremos mais opções para nos divertir nos finais de semana. Atitudes como essa fazem com que Porto Seguro tenha um futuro ainda mais próspero e promissor. Parabéns a todos os envolvidos!

Para comemorar esse avanço que tanto esperávamos, a receita do mês é uma tradicional Seleção de Frutos do Mar, típico das barracas de praia de Porto Seguro e que nesse caso tem um toque especial, e é carinhosamente chamado por mim de Chapa Quente do Mar.

Chapa Quente do Mar (serve 2 pessoas)

Ingredientes: 01 calda de lagosta partida ao meio, 10 unidades de camarão VG, 10 unidades de anéis de lula, 02 filés de guaiúba, 01 polvo médio inteiro, 01 abobrinha, 01 berinjela, 01 cenoura, 01 cabeça de alho, 01 maço de salsinha,  100 ml de azeite extra virgem, 02 unidades de limão tahiti, sal a gosto, pimenta do reino a gosto, 100 ml de vinho branco.

Modo de Preparo:

Para começar limpe todos os frutos do mar. Cozinhe o polvo em água fervendo até que fique macio e reserve. Corte a abobrinha, a cenoura e a berinjela em rodelas para grelhá-las e servir de acompanhamento com os frutos do mar (se preferir faça os legumes assados). Tempere os frutos do mar com sal, pimenta do reino e limão. Em uma frigideira vá selando um a um todos os frutos do mar e reserve. Na mesma panela que usou para selar os frutos do mar, adicione o alho e deixe dourar levemente e logo em seguida adicione o vinho branco para que solte todo o sabor que lá está. Retorne com os frutos do mar para panela até que chegue ao ponto correto para servir (cuidado para não passar o ponto).  Em uma chapa de ferro previamente aquecida faça uma cama com os legumes grelhados, coloque os frutos do mar sobre os legumes e finalize com a salsinha picada e o caldo que restou na panela por cima para dar o toque final. Sirva enquanto está bem quente e bom apetite!


Caio Silva é um Paulista apaixonado por comida e pela Bahia

© 2020 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade