Câmara e Sectur debatem destino do Fundo de Turismo

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) participou, dia 28/04/20, de uma reunião com a Câmara Municipal de Porto Seguro sobre a gestão municipal do Turismo, com ênfase para a importância e aplicação das verbas do Fundo de Desenvolvimento do Turismo (Fundetur). A reunião aconteceu a partir da proposta do Legislativo para o remanejamento do recurso na utilização no combate ao combate à Covid-19. O pedido da reunião foi feito pelos vereadores Abimail (Bibi) Ferraz e Elio Brasil, que se declararam contra o projeto, que entraria em votação, e contataram a SECTUR, por meio do edil Lázaro (Axé Moi) Lopes.

Na reunião, o Secretário de Cultura e Turismo, Paulo César Magalhães fez uma apresentação informando sobre a relevância do Turismo como a principal atividade econômica do município, a estrutura da Secretaria, os aportes do fundo e os resultados desses investimentos, planejamento estratégico e novos parâmetros para a retomada no Turismo no município, ressaltando a importância destes recursos e como a verba será utilizada no pós pandemia.

"A ocasião trouxe diversas questões, que foram esclarecidas pela equipe da Sectur. Inclusive foram apontadas informações relevantes sobre a origem e a destinação do CVTS - Contribuição Voluntário do Turismo Sustentável, Portal de Turismo e Contribuição do AirBnb, que o destino Porto Seguro é único a receber este repasse da empresa no Brasil", afirmou Paulo César.

Para o vereador Élio Brasil, a resposta da Secretaria de Cultura e Turismo foi muito importante para levar ao conhecimento da população as medidas já em estudo para retomada do Turismo. "No meu entender, esse recurso deve ser utilizado essencialmente para a recuperação do nosso principal motor econômico que é o turismo. Saio da reunião satisfeito com o que ouvi do secretário. Me conforta saber que temos um plano de ação para retomar o caminho do desenvolvimento e o fundo do Turismo é que nos vai dar lastro para medidas que nos faça voltar a crescer", avaliou o edil.

Representantes do setor hoteleiro, contrários à destinação da verba do Turismo para outros fins, participaram da reunião e reforçaram o coro e as argumentações sobre o assunto. Para o gerente comercial do Grupo Sueds, Ivan Bahia, que foi um dos articuladores para o encontro entre os vereadores e o setor hoteleiro, a reunião foi muito positiva. "Tenho certeza que conseguimos explicar as propostas do turismo e sanar as dúvidas para que não seja autorizado este remanejamento do Fundetur. Agora é levar a frente o plano de ação para enfrentar os desafios que virão pós pandemia", declarou.

Ao final da reunião, a maioria dos vereadores presentes se disseram a favor da manutenção dos recursos no Fundetur, conforme já prevê a Lei de Utilização do Fundo Municipal de Turismo, para que ele possa ser utilizado na retomada do Turismo de Porto Seguro, seu posicionamento estratégico e o destaque do município como destino turístico. Paulo César acrescentou ainda a proposição da Sectur de adotar uma reunião periódica com a Comissão de Turismo da Câmara dos Vereadores objetivando apresentar análises e resultados de todos os processos pertinentes ao Fundo e do trabalho realizado.

Participaram os vereadores Renivaldo Filho (Cacique Renivaldo), Nido Alves, Vanvan Lage, Kempes Neville (Bolinha), Elio Brasil, Aparecido Viana (Cido), Robson Vinhas, Antonio Geraldo Couto (Geraldo Contador), Lazaro Lopes (Lazaro Axé Moi), Wilson Machado, Dilmo Santiago e Ariana Fehlberg.


Fonte e foto: Secretaria de Cultura e Turismo - Ascom Prefeitura de Porto Seguro

 

© 2021 - Jornal do Sol - Informação com Credibilidade