Gol altera malha aérea e cancela voos

Devido ao agravamento da pandemia, a Gol Linhas Aéreas informou que, apesar de manter operações domésticas, alterou a malha aérea para quem tem voos marcados, desde 01/04 até o dia 23/05/21. Se você tem passagem comprada para esse período, deve remarcar seu voo, através do link que a empresa dispõe. Todos os passageiros com bilhete para esse período devem remarcar o voo, porque todos os destinos operados pela companhia foram afetados.

A empresa chegou a operar mais de 600 voos por dia no final de 2020. Estima-se que os voos em abril e maio não passem de 200. Os clientes estão recebendo comunicado assinado pelo presidente da empresa, Paulo Sérgio Kakinoff, explicando os motivos do cancelamento e como remarcar os bilhetes ou pedir a restituição do valor pago.

“A pandemia de Covid-19 atingiu seu auge no Brasil”, diz o comunicado. “Precisamos ter clareza de que, apesar de estarmos combatendo essa doença há um ano e de já termos aprendido muito, os desafios impostos por ela seguem intensos e imprevisíveis. (...) É por isso que tomamos a decisão de readaptar mais uma vez a nossa malha aérea, de forma que ela se adeque ao momento. (...) Essa medida faz com que todos os clientes, com voos marcados entre os dias 01/04 e 23/05, devam obrigatoriamente remarcar os seus bilhetes”.

Leia a íntegra do comunicado

“Como vocês já sabem, pela ampla divulgação dos indicadores recordes nas últimas semanas, a pandemia de Covid-19 atingiu seu auge no Brasil. Precisamos ter clareza de que, apesar de estarmos combatendo essa doença há um ano e de já termos aprendido muito, os desafios impostos por ela seguem intensos e imprevisíveis.

Nunca é demais lembrar que em pouquíssimo tempo o coronavírus obrigou a humanidade a repensar radical e completamente toda a lógica sobre a qual estava estruturada, o que exige de todos nós medidas compatíveis com esse cenário.

É por isso que tomamos a decisão de readaptar mais uma vez a nossa malha aérea, de forma que ela se adeque ao momento e continue a conectar os quatro cantos do Brasil e a distribuir as vacinas por todo o território nacional. Essa medida faz com que todos os clientes, com voos marcados entre os dias 01/04 e 23/05, devam obrigatoriamente remarcar os seus bilhetes.

Sabemos que essa reacomodação gera transtornos indesejáveis para todos e, além disso, produzirá uma grande demanda extra em nossos canais de atendimento, que já estão sobrecarregados em função das muitas dúvidas e realocações de voos que cercam esse difícil período que vivemos. Cientes disso, criamos este link especial, para que esse processo seja feito pelo próprio cliente via site. Essa plataforma será divulgada amplamente por meio de todos os nossos canais de comunicação: mensagens no próprio site, e-mail, SMS e pelo nosso aplicativo. 

Cabe frisar que, como ocorre desde o início da pandemia, todos os voos operados pela GOL seguem os mais rígidos protocolos de segurança, em relação a Covid-19, certificados pelo Hospital Israelita Albert Einstein, como a obrigatoriedade do uso de máscaras; disponibilização de álcool em gel e ampla divulgação das medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias do Brasil e do mundo. Todas as nossas aeronaves são equipadas com o sistema de filtro de ar de alta eficiência HEPA, que promove a troca total do ar de toda a cabine a cada 3 minutos, filtrando 99,97% das partículas nocivas, como vírus e bactérias.

O novo dimensionamento da malha aérea da companhia se deve exclusivamente à adequação aos níveis de demanda combinada com nosso compromisso inabalável de manter a ligação aérea entre os principais pontos do país, nesse período crítico que se apresenta.

Pode soar como algo já amplamente sabido, mas acredito que seja importante ressaltar: este é um período da nossa história no qual a importância da noção de interdependência entre tudo e todos fica ainda mais evidente. Atuar juntos e de mãos dadas se torna a grande e única ferramenta capaz de nos guiar para uma travessia segura e positiva dessa enorme turbulência.

Pedimos desculpas pelos inconvenientes decorrentes, mas temos também a certeza de que a sociedade brasileira compreenderá os esforços que temos feito para manter nosso atendimento e, mais ainda, para garantir a oferta de um serviço tão fundamental, num dos períodos mais complexos que o país e o mundo enfrentaram nas últimas décadas.

Todos os dias, nossos mais de 14 mil colaboradores mergulham em suas tarefas, com a dedicação máxima de quem tem uma missão primordial: oferecer uma experiência de voo segura e eficaz e ajudar o país a vencer esse vírus. Em nossas aeronaves transportamos diariamente cientistas, pesquisadores, voluntários e familiares de quem precisa de ajuda e conforto. E, também, gratuitamente, profissionais da saúde, como médicos e enfermeiros. Um papel que nos orgulha e que continuaremos a desempenhar sem esmorecer.

Além do pedido de compreensão e de desculpas, esse comunicado é um chamado para que estejamos ainda mais próximos e atuando juntos com empatia e espírito de corpo. Temos certeza de que, agindo assim, vamos superar esse momento desafiador e seguiremos construindo um futuro em que estaremos imunizados e livres. Mais do que nunca, reafirmamos nosso compromisso com o Brasil, esse vínculo verdadeiro e potente que começou a ser construído há exatos 20 anos e que só se fortalece.”


Foto: Carla Ornelas -  GOV/BA

MATÉRIAS RELACIONADAS

Novo aeroporto: próximos passos são audiência pública e licitação

Novo aeroporto deve começar a funcionar em 2023

CDL afirma que decretos estão prejudicando comércio e turismo locais

Para ABIH, decretos restritivos causam insegurança no turismo

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar